Domingo, 21 de Julho de 2024

Home em foco Equipes iniciam trabalho de recuperação na ERS-129, em Muçum

Compartilhe esta notícia:

Teve início o trabalho de recuperação de um trecho de 100 metros da ERS-129 (Km 88), em Muçum, danificado por um deslizamento de terra causado pelas chuvas que atingiram o Vale do Taquari em maio. A ordem de início das obras foi assinada na última quinta-feira (13) pelo governador Eduardo Leite, com os trabalhos iniciando no dia seguinte.

Cerca de 25 funcionários da empresa Matt, vencedora da licitação emergencial promovida pela Empresa Gaúcha de Rodovias (EGR), estão trabalhando na limpeza e desobstrução da pista e do entorno para facilitar a chegada do maquinário. O objetivo é recompor o desmoronamento que afetou a rodovia, destruindo 100 metros de extensão, atingindo 45 metros de profundidade, 60 metros de largura na base da ruptura e 16 metros de pistas de rolamento e acostamento.

Para isso, será necessário o preenchimento com 109 mil metros cúbicos de material rochoso, além da instalação de novo pavimento e estruturas complementares para garantir a estabilidade, considerando a topografia íngreme e instável da região. A previsão é de que a rodovia esteja reconstruída em agosto.

A reconstrução do talude terá um investimento de R$ 8,84 milhões, aplicado pela EGR, vinculada à Secretaria de Logística e Transportes (Selt), com recursos provenientes da praça de pedágio da EGR na rodovia. A ação faz parte do Plano Rio Grande, programa de reconstrução, adaptação e resiliência climática do Estado, que visa planejar, coordenar e executar ações para enfrentar as consequências sociais, econômicas e ambientais da enchente histórica.

Complexidade

O diretor-presidente da EGR, Luís Fernando Vanacôr, ressaltou que a recomposição do trecho é complexa pelo grande volume de material rochoso que precisa ser preenchido. Ele afirmou que em breve a conexão da região do Vale do Taquari com os demais municípios do Estado estará restabelecida. “Essa construção simboliza uma retomada importante de conexão para a logística e para a movimentação das comunidades”, ressaltou.

A ERS-129 é considerada um dos principais corredores logísticos e de desenvolvimento do Vale do Taquari, interligando os municípios de Muçum e Vespasiano Corrêa. De acordo com a EGR, a média de veículos na praça de pedágio de Encantado, que envolve o tráfego na ERS-129 e na ERS-130, era de 218,6 mil veículos por mês.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de em foco

Lula volta a falar em genocídio e diz que o primeiro-ministro de Israel quer “aniquilar” palestinos
Fiocruz alerta para risco de doenças infecciosas e acidentes com animais peçonhentos no RS
Deixe seu comentário
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa News