Quinta-feira, 19 de Maio de 2022

Home Política Ex-presidente Lula irá ao Rio de Janeiro organizar o PT para a disputa eleitoral no Estado, dizem aliados

Compartilhe esta notícia:

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) irá ao Rio de Janeiro neste domingo (20) para pelo menos dois dias de agendas dedicadas à pré-campanha presidencial. O petista irá encontrar o deputado federal Marcelo Freixo (PSB), seu apoio declarado para o governo do estado, e visitará o compositor Martinho da Vila.

A ideia da viagem, de acordo com fontes, é de que o ex-presidente organize o diretório do PT no estado e lance a pré-candidatura do presidente da Alerj (Assembleia Legislativa do Rio), André Ceciliano, ao Senado. A formatação da agenda ainda está sendo feita, sobretudo após a tragédia que assolou a cidade de Petrópolis, com mais de 130 mortos desde terça-feira (15).

Lula declarou apoio a Freixo, mas enfrenta resistência dentro do PT fluminense, que insiste na ampliação de um palanque para o ex-presidente no Rio. A avaliação é de que o deputado federal ajuda na formação da federação com o PSB, mas estreita o alcance do ex-presidente para um eleitorado além da esquerda.

Lula tem a simpatia de outros dois pré-candidatos no Rio, Felipe Santa Cruz (PSD) e Rodrigo Neves (PDT), ambos ex-petistas. Nesta semana, o ex-presidente se encontrou com o prefeito do Rio, Eduardo Paes (PSD), em São Paulo.

A união de PT, PDT e PSD é discutida nos bastidores. Neste cenário, Freixo não seria candidato ao governo e o deputado federal Alessandro Molon concorreria ao Senado pelo PSB.

Na segunda-feira (21), Lula deve visitar a deputada federal Benedita da Silva (PT-RJ), que se recupera de uma cirurgia. O encontro com Martinho da Vila será na terça-feira (22).

A agenda ainda será fechada, mas pode incluir encontros com André Ceciliano, nome que o partido vai lançar ao Senado caso o acordo com o PSB se mantenha. Ele tem dito que pode concorrer à Câmara caso faça parte de uma estratégia para ampliar o palanque do presidente.

O PT do Rio também articula a possibilidade de Lula se encontrar com prefeitos de partido de centro-direita que apoiam o governador Cláudio Castro (PL).

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Política

Botijão de gás fica R$ 0,36, em média, mais barato em uma semana
Quinto dia de buscas por vítimas da tragédia em Petrópolis é marcado por tempo chuvoso
Deixe seu comentário
Pode te interessar
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa Na Tarde