Domingo, 07 de Agosto de 2022

Home em foco Fundo Monetário Internacional e Banco Mundial preparam pacote de crédito à Ucrânia

Compartilhe esta notícia:

 

O Fundo Monetário Internacional (FMI) e o Banco Mundial disseram que estão “correndo” para fornecer bilhões de dólares em financiamento adicional à Ucrânia nas próximas semanas e meses, acrescentando que a guerra no país está criando “repercussões significativas” para outros países.

A chefe do FMI, Kristalina Georgieva, e o presidente do Banco Mundial, David Malpass, disseram que a guerra está elevando os preços das commodities, o que pode aumentar ainda mais a inflação, e as interrupções nos mercados financeiros continuarão a piorar se o conflito persistir.

As sanções impostas pelos Estados Unidos, Europa e outros aliados também teriam um impacto econômico significativo. Os líderes disseram estar profundamente chocados e tristes com a guerra, mas não mencionaram explicitamente a Rússia, que é
acionista de ambas as instituições.

A Rússia iniciou uma invasão em grande escala da Ucrânia em 24 de fevereiro e suas forças armadas estão bombardeando áreas urbanas ucranianas. “As pessoas estão sendo mortas, feridas e forçadas a fugir. Danos maciços são causados à infraestrutura física do país”, disseram Georgieva e Malpass em comunicado conjunto.

“Estamos ao lado do povo ucraniano durante esses acontecimentos horríveis. A guerra também está criando repercussões significativas para outros países”, diz o documento.

Apoio

O FMI e o Banco Mundial estão aumentando urgentemente o financiamento e o apoio político à Ucrânia e estão em contato diário com as autoridades sobre medidas de crise, disseram eles.

O conselho do FMI pode considerar o pedido de financiamento de emergência da Ucrânia por meio do Instrumento de Financiamento Rápido já na próxima semana, disseram eles.

Um adicional de US$ 2,2 bilhões estava disponível antes do fim de junho sob seu acordo de stand-by. O Banco Mundial também está preparando um pacote de apoio de US$ 3 bilhões nos próximos meses, disseram eles.

Esse financiamento começaria com uma injeção orçamentária de desembolso rápido de pelo menos US$ 350 milhões que o conselho do banco considerará esta semana, seguido por US$ 200 milhões para programas de saúde e educação.

A agência de notícias “Reuters” havia divulgado pela primeira vez o empréstimo de US$ 350 milhões na terça-feira. As duas instituições disseram que também estão avaliando o impacto econômico e financeiro da guerra e dos refugiados em outros países da região e do mundo.

Eles disseram estar prontos para fornecer apoio político, técnico e financeiro aprimorado aos vizinhos da Ucrânia, conforme necessário. Mais de 660 mil pessoas fugiram da Ucrânia para países como Polônia, Romênia e Hungria desde o início da
invasão, disse a agência de refugiados das Nações Unidas (ONU). “A ação internacional coordenada será crucial para mitigar os riscos e navegar no período traiçoeiro pela frente”, disseram as instituições.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de em foco

Saiba quais são os riscos de um conflito nuclear
Estados Unidos adiam teste de lançamento de mísseis em tentativa de diminuir tensões nucleares com a Rússia
Deixe seu comentário
Pode te interessar
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa Na Tarde