Sexta-feira, 01 de Março de 2024

Home Celebridades Gal Costa deixa filho único; gosto musical de Gabriel, 17 anos, inspirou último álbum da cantora

Compartilhe esta notícia:

Gal Costa, uma das maiores cantoras do Brasil, que morreu aos 77 anos nesta quarta-feira (9), deixou apenas um filho: Gabriel, de 17 anos. O gosto musical dele foi a inspiração para o último álbum de inéditas da artista “A pele do futuro”, seu 40º álbum lançado em 2018.

Gal chegou a afirmar que, no disco, queria fazer algo mais popular, que qualquer pessoa pudesse gostar. “Eu tinha vontade de fazer dance music. Há muitos anos queria gravar uma música para tocar em discotecas, para as pessoas dançarem”, disse a cantora.

“Percebi que meu filho vem ouvindo muito essas canções dos anos 70: Earth Wind & Fire, Gloria Gaynor… Os colegas dele também. Isso me deu um toque de que esse negócio estava meio que voltando.” Quando lançou o álbum, ela disse: “Está vindo a geração que salvará o planeta”.

A maternidade

Em entrevista ao Fantástico, da Rede Globo, em 2015, a cantora contou que, quando o filho era pequeno, costumava cantar para ele dormir. “Ele quando era menorzinho, eu cantava para ele dormir. Cantava as músicas do Caymmi quando ainda estava em Salvador, morava em frente à praia.”

Ao programa, ela também relatou sobre a realização do sonho da maternidade. Gabriel foi adotado por Gal quando tinha 2 anos.

“É uma delícia, eu sempre sonhei ser mãe. Eu nunca pude ter, por um problema físico. E aí achei o meu filho, e eu tenho um amor incondicional por ele”, disse na entrevista.

Ainda na adolescência, Gal enfrentou um problema nas trompas que afetou sua fertilidade na vida adulta. Durante o relacionamento com o violonista Marco Pereira, tentou engravidar, mas seus esforços foram frustrados por uma menopausa precoce. A cantora também revelou que já planejou ter um filho com Milton Nascimento , seu amigo de longa data, e brincava que se oferecia para ter filho com qualquer um, já que era um grande sonho.

Incentivada pela mãe, Gal entrou na fila para adoção e, após um processo burocrático, conseguiu a guarda de Gabriel em 2007.

Maior cantora

Maria da Graça Costa Penna Burgos nasceu em 26 de setembro de 1945, em Salvador e foi uma das maiores cantoras da história da música brasileira.

Na longa carreira, Gal lançou mais de 40 álbuns entre discos de estúdio e ao vivo. “Fa-tal”, “Índia” e “Profana” são álbuns de grande destaque na música brasileira.

O último álbum lançado foi “Nenhuma Dor”, em 2021, quando Gal regravou músicas como “Meu Bem, Meu Mal”, “Juventude Transviada” e “Coração Vagabundo”, com cantores como Seu Jorge, Tim Bernardes e Criolo.

Já a “A Pele do Futuro” foi o último álbum de inéditas, em 2018, quando Gal gravou “Cuidando de Longe”, com Marília Mendonça, e “Minha Mãe”, com Maria Bethânia.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Celebridades

“Medo não faz parte da minha vida”: a rebeldia de Gal Costa nos anos de chumbo
Cauã Reymond e Jonathan Azevedo ganham elogios em foto sem camisa: “Gostosos”
Deixe seu comentário
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa Na Madrugada