Domingo, 16 de Junho de 2024

Home Carlos Roberto Schwartsmann Genérico: o melhor

Compartilhe esta notícia:

Genéricos são medicamentos que possuem o mesmo princípio ativo do fármaco original.

Tem a mesma qualidade, segurança e eficácia.

A substância usada tem a mesma indicação terapêutica, mesma posologia e via de administração. Tem o mesmo efeito medicinal. A mesma promessa de cura!

Entre todos remédios ele é o melhor, porque só pode ser copiado e produzido após a quebra da patente do laboratório que gastou milhões na pesquisa e na produção do fármaco.

A patente é um título de propriedade, exclusiva e temporária, cedida pelo Estado a pessoas ou empresas que descobriram ou criaram um invento ou um remédio.

É uma proteção para que terceiros não copiem a mesma ideia ou a invenção sem autorização.

As regras são diferentes nos diversos países, mas no Brasil a patente protecionista dura 20 anos.

A legislação brasileira acredita que este tempo é o suficiente para que a indústria farmacêutica seja devidamente remunerada pelo investimento que fez.

Portanto estes fármacos, após duas décadas, já foram testados em larga escala (centenas de milhares de pacientes) e tem longo seguimento (follow up). É a fase IV de qualquer pesquisa.

Nenhum medicamento se torna genérico se não for extremamente eficaz e produzir o mínimo de efeitos adversos ou colaterais.

Neste cenário, a única insatisfeita é a indústria farmacêutica, pois, com a quebra da patente, irá diminuir seus lucros!

Há muito tempo laboratórios tradicionais brigam na justiça para que, mesmo com as patentes vencidas, possam ter os direitos exclusivos de comercialização.

Os remédios novos, e caros, só serão eternizados quando alguém quiser fazer cópia após a quebra da patente. A grande maioria deles jamais irá receber esta consagração!

Ser genérico, oferece ao fármaco, um diploma, uma credencial, um atestado de confiabilidade cientifica que confirma que aquele princípio ativo é muito eficaz e muito seguro!

O medicamento genérico é o melhor!

Por sorte nossa, ainda é muito mais barato!!

Carlos Roberto Schwartsmann – Médico e Professor universitário

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Carlos Roberto Schwartsmann

Urna eletrônica
As palavras mágicas esquecidas
Deixe seu comentário
Pode te interessar

Carlos Roberto Schwartsmann Laçador, Caramelo e o dilúvio

Carlos Roberto Schwartsmann Acorda Brasil: desesperança e insegurança

Carlos Roberto Schwartsmann Vá em paz, Renato

Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Show de Notícias