Domingo, 22 de Maio de 2022

Home Rio Grande do Sul Governo gaúcho forma 473 novos servidores penitenciários

Compartilhe esta notícia:

Mais 473 servidores penitenciários passam a atuar em estabelecimentos prisionais do Rio Grande do Sul. Eles integram turmas formadas nesta quinta-feira (3), em Porto Alegre. Os 373 agentes penitenciários e 100 agentes penitenciários administrativos recém-formados serão lotados nas dez regiões penitenciárias do Estado, conforme necessidade da administração.

Em mensagem enviada por vídeo, o governador Eduardo Leite parabenizou os formandos e lembrou dos investimentos realizados nos sistemas penal e socioeducativo. Por meio do programa Avançar, já foram anunciados R$ 465,6 milhões para qualificar o sistema prisional. É o maior investimento da história no setor, superando o total feito nos últimos dez anos no Estado. Um dos principais anúncios é a demolição da atual Cadeia Pública de Porto Alegre, que será substituída por um prédio novo, com 1.856 vagas.

“Os investimentos serão distribuídos em segurança e tecnologia, gestão e tratamento penal e em obras, para que os agentes tenham condições de exercer sua função com recursos e equipamentos de qualidade. Parabenizo os novos servidores, cujo trabalho será de extrema importância para a sociedade”, disse o governador, no vídeo.

O governador em exercício e secretário da Segurança Pública, Ranolfo Vieira Júnior, falou sobre o diferencial da atividade dos agentes penitenciários, que trabalham também pela segurança pública do Estado e pela tranquilidade do povo gaúcho.

“O programa Avançar já anunciou R$ 5,6 bilhões em investimentos em todas as áreas. Para a segurança pública e o sistema penitenciário, que estão intimamente ligados, chegaremos a quase R$ 1 bilhão. Essa é a verdadeira virada de chave do nosso Estado, que traz resultados extremamente positivos para a sociedade gaúcha”, afirmou.

O titular da Secretaria de Justiça e Sistemas Penal e Socioeducativo, Mauro Hauschild, disse que a chegada de novos servidores é mais um importante passo na qualificação do sistema prisional gaúcho. Hauschild citou os termos de cooperação que vêm sendo firmados para disponibilizar mão de obra de apenados do sistema prisional gaúcho, como a formalização realizada na última semana pelo governador Leite de 1.506 novas vagas de trabalho para as pessoas privadas de liberdade.

Realizada no Salão de Atos da Pucrs, a solenidade marcou o encerramento do 32º curso de formação profissional de agentes penitenciários e do 4º curso de formação profissional de agentes penitenciários administrativos.

Curso de formação

O curso de formação profissional dessa turma de formandos, promovido pela Escola do Serviço Penitenciário da Susepe (Superintendência dos Serviços Penitenciários), iniciou no dia 23 de novembro e ocorreu com aulas nos turnos da manhã e da tarde, contempladas nos três eixos: fundamentos da prisão e da pena, rotinas e procedimentos do sistema prisional e gestão penitenciária. Além das aulas, os servidores penitenciários também realizaram estágios na área administrativa e nas unidades prisionais.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Rio Grande do Sul

Balança comercial registra superávit de 4 bilhões de dólares em fevereiro
Embraer suspende manutenção e venda de peças para a Rússia
Deixe seu comentário
Pode te interessar
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa News