Sexta-feira, 19 de Julho de 2024

Home Saúde Hollywood leva cirurgiões a fazerem alerta

Compartilhe esta notícia:

No mundo das celebridades de Hollywood, as mudanças no visual são tão comuns quanto as estreias de novos projetos. Porém, cirurgiões plásticos alertam que o uso desenfreado do Ozempic, medicamento utilizado para emagrecer, está fazendo emergir um novo padrão nos tapetes vermelhos: olhos fundos, bochechas magras e pele flácida. O novo visual, apelidado de “cabeça de Ozempic (Ozempic face, em inglês)”, está deixando fãs intrigados e especialistas em alerta.

O que está por trás deste fenômeno é a crescente popularidade de medicamentos para perda de peso, e o Ozempic é citado por muitos. O efeito colateral desses medicamentos tem chamado a atenção pela aparência peculiar que confere aos usuários. O remédio, com semaglutida em seu componente, é indicado, em conjunto com dieta e exercícios, exclusivamente, para o tratamento de pacientes adultos com diabetes tipo 2 não satisfatoriamente controlada (ou seja, quando o nível de açúcar no sangue permanece muito alto).

Médicos explicam que o fenômeno “cabeça de Ozempic” apresenta características semelhantes às observadas em pacientes que passam por perda de peso rápida. Isso inclui uma perda de volume facial.

“Às vezes, pode ter o efeito de fazer uma pessoa parecer mais velha – porque a gordura em nossas bochechas é o que nos dá uma aparência mais jovem”, disse uma cirurgiã ouvida pelo “Daily Mail”.

Cirurgiões plásticos observaram que muitas celebridades, principalmente homens, apresentavam características de “cabeça de Ozempic”. Segundo eles, identificar esses traços em mulheres é mais difícil devido ao uso tradicional de preenchimentos e maquiagem para disfarçar imperfeições.

Entre os casos destacados, está o do cantor Robbie Williams, que apresentou mudanças significativas em sua aparência após perder peso com um medicamento semelhante ao Ozempic. Os cirurgiões observaram um afinamento nas áreas abaixo dos olhos e nas bochechas, além do surgimento de mais rugas devido à perda de volume facial. Williams admitiu o uso do remédio e revelou uma perda de peso de 11 quilos no ano passado, descrevendo-a como um “milagre de Natal”.

Outro caso em destaque é o de Scott Disick, ex-marido de Kourtney Kardashian, cuja aparência levanta rumores sobre o uso de Ozempic. Seu emagrecimento tem gerado especulações entre os fãs e especialistas. Segundo uma fonte do “The New York Post”, o americano ficou com os efeitos da medicação e até buscou a ajuda de um nutricionista para se sentir melhor.

Um dos casos mais notáveis é o da apresentadora Sharon Osbourne, de 71 anos, cuja transformação física tem sido objeto de intensa especulação. Após revelar uma perda significativa de peso de 20 quilos, atribuída ao uso de Ozempic, Sharon se tornou um exemplo proeminente do fenômeno “cabeça de Ozempic”. Os cirurgiões observaram uma aparência mais magra em seu rosto, com olhos fundos e uma perda notável de volume facial. Agora, ela alerta para o uso do medicamento:

“Estou muito magra e não consigo engordar. Estou com menos de 45 quilos e não quero estar”, justificou ela, alertando: “Meu aviso é: não dê isso aos adolescentes. É muito fácil. Você pode perder muito peso e é fácil ficar viciado nisso, o que é muito perigoso, e agora perdi 20 quilos e não posso me dar ao luxo de perder mais”.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Saúde

Belo quebra silêncio, fala sobre Viviane Araújo e faz revelação sobre Gracyanne Barbosa
O gás inodoro que está ligado ao aumento do número de casos de câncer de pulmão
Deixe seu comentário
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa Na Tarde