Quinta-feira, 30 de Maio de 2024

Home Economia IGP-M cai 0,57% na segunda prévia de agosto

Compartilhe esta notícia:

O Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M) recuou 0,57% na segunda prévia de agosto, após registrar alta de 0,52% na mesma prévia de julho, informou na manhã desta sexta-feira (19) o Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (Ibre-FGV).

Entre os três componentes do indicador, dois registraram queda no período.

O Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA-M) passou de alta de 0,52% para queda de 0,50%, enquanto o Índice de Preços ao Consumidor (IPC-M) também migrou para o terreno negativo, de 0,19% em julho para -1,43% em agosto.

Apesar da desaceleração, o Índice Nacional de Custo da Construção (INCC-M) continuou em patamar positivo, de 1,23% para 0,54%.

Aluguel

Já o preço médio do aluguel de imóveis residenciais aumentou 1,37% em julho no Brasil, segundo dados do Índice FipeZap divulgados na terça-feira (16). O resultado mostra uma desaceleração frente às elevações apuradas em abril (1,84%), maio (1,70%) e junho (1,58%).

Entre as 25 cidades monitoradas, apenas Joinville (SC) apresentou ligeira queda nominal nos preços de locação (-0,78%). Considerando as 11 capitais onde os valores de locação residencial são acompanhados, todas registraram elevação nominal no último mês: Fortaleza (3,52%), Florianópolis (2,44%), Curitiba (1,89%), São Paulo (1,56%), Rio de Janeiro (1,44%), Goiânia (1,10%), Recife (0,94%), Porto Alegre (0,88%), Belo Horizonte (0,84%), Brasília (0,75%) e Salvador (0,47%).

No ano, o índice de locação acumula alta de 10,98%, variação que supera a inflação apurada pelo IPCA (4,77%) e pelo IGP-M (8,39%) nesse mesmo intervalo temporal.

Já no acumulado dos últimos 12 meses, o aluguel residencial registra alta de 14,25%, variação superior à inflação acumulada tanto pelo IPCA (10,07%) quanto pelo IGP-M (10,08%).

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Economia

Anvisa autoriza que o Ministério da Saúde peça dispensa do registro de vacinas da varíola dos macacos
Petrobras fará emissão de notas comerciais escriturais de até R$ 3 bilhões
Deixe seu comentário
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa News