Sexta-feira, 19 de Agosto de 2022

Home Economia Inflação do aluguel acumula alta de 10,7% em 12 meses

Compartilhe esta notícia:

O IGP-M (Índice Geral de Preços – Mercado), conhecido como a inflação do aluguel, variou 0,59% em junho, ante 0,52% no mês anterior, informou nesta quarta-feira (29) a FGV (Fundação Getulio Vargas).

Com esse resultado, o índice acumula alta de 8,16% no ano e de 10,7% em 12 meses. Em junho de 2021, o IGP-M havia subido 0,60% e acumulava alta de 35,75% em 12 meses.

Entre os componentes do IGP-M, o IPA (Índice de Preços ao Produtor Amplo) variou 0,3% neste mês, ante 0,45% em maio. Destacaram-se os aumentos dos preços do óleo diesel (de 3,29% para 6,96%), do leite in natura (de 7,47% para 4,40%) e dos automóveis (de 0,57% para 2,31%).

O IPC (Índice de Preços ao Consumidor) variou 0,71% em junho, ante 0,35% em maio. Duas das oito classes de despesa componentes do índice registraram acréscimo em suas taxas de variação. A principal contribuição partiu do grupo habitação (-2,57% para 0,65%). Nessa classe de despesa, vale citar o comportamento do item tarifa de eletricidade residencial, cuja taxa passou de -13,71% em maio para -0,34% em junho.

Já o INCC (Índice Nacional de Custo da Construção) subiu 2,81% em junho, ante 1,49% em maio. Os três grupos componentes do índice registraram as seguintes variações na passagem de maio para junho: materiais e equipamentos (1,67% para 1,58%), serviços (0,92% para 0,50%) e mão de obra (1,43% para 4,37%).

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Economia

Cozinheiro mata pai e filho em empresa em Triunfo, na Região Metropolitana de Porto Alegre
Procurador que espancou a sua chefe durante o expediente vira réu por tentativa de feminicídio em São Paulo
Deixe seu comentário
Pode te interessar
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa Na Tarde