Quinta-feira, 18 de Julho de 2024

Home Política Irmãos Brazão são transferidos para penitenciárias federais

Compartilhe esta notícia:

Os irmãos Domingos e Chiquinho Brazão, em prisão preventiva determinada no processo de investigação dos assassinatos da vereadora do Rio de Janeiro Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes, foram transferidos durante operação realizada pela Polícia Federal (PF) na manhã desta quarta-feira (27).

A aeronave transportando os suspeitos decolou de Brasília com destino às penitenciárias federais de Campo Grande (MS), para o desembarque de Chiquinho, e de Porto Velho (RO), destino de Domingos.

Os irmãos e o delegado Rivaldo Barbosa, ex-chefe da Polícia Civil do Rio de Janeiro, foram presos no último domingo (24), após relatório final da investigação apontar que Domingos e Chiquinho foram os responsáveis por contratar o ex-policial militar Ronnie Lessa para assassinar Marielle. Rivaldo teria ajudado a planejar o crime, além de ter feito uso do cargo para dificultar as investigações.

As transferências acontecem um dia após a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados adiar a votação sobre a legalidade da detenção de Chiquinho Brazão.

Ele é deputado federal pelo Rio de Janeiro e está sem partido, após ser expulso do União Brasil, por decisão unânime. O parlamentar tem a prerrogativa de ser inviolável, conforme previsto na Constituição Federal, e sua prisão precisa ser analisada e aprovada pela maioria dos 513 parlamentares que constituem a Câmara dos Deputados.

A operação não transferiu Rivaldo Barbosa que permanece em Brasília.

 

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Política

Ministério Público da Espanha pede prisão para dirigente que beijou jogadora sem consentimento
Ministério da Saúde amplia vacinação da dengue para mais 154 cidades
Deixe seu comentário
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Show de Notícias