Sexta-feira, 14 de Junho de 2024

Home Mundo Itamaraty diz que 80 brasileiros já deixaram a Ucrânia; 100 estão em lista de espera

Compartilhe esta notícia:

O Ministério das Relações Exteriores afirmou neste domingo (27) que 80 brasileiros já conseguiram sair da Ucrânia, país que está sendo alvo de invasão por parte da Rússia. Segundo o Itamaraty, esses brasileiros conseguiram ir para países fronteiriços, sobretudo Polônia e Romênia, com a ajuda da embaixada brasileira em Kiev, a capital ucraniana. A embaixada continua prestando assistência aos brasileiros que ainda estão no país.

Um plano de contingência atualizado em janeiro deste ano “prevê a possibilidade de resgate quando as condições permitirem”, segundo o Itamaraty. “Nos primeiros dias, ante a falta de condições de segurança, estamos implementando a evacuação segura e ordenada”, informou. Na semana passada, o governo informou que a comunidade brasileira registrada na Ucrânia, antes do conflito, era estimada em aproximadamente 500 pessoas.

O número de brasileiros que se registraram foi bem inferior. Ainda constam, segundo o Itamaraty, cerca de 100 brasileiros registrados na lista da embaixada brasileira em Kiev que continuam em solo ucraniano.

“O GT (grupo de trabalho) Brasileiros na Ucrânia e a Embaixada em Kiev seguem buscando localizar e contatar brasileiros ainda na Ucrânia, com o apoio da Embaixada em Varsóvia, com vistas a verificar a situação pessoal de todos, condições de segurança nos locais onde estão abrigados e possibilidade de eventual evacuação”, informou.

O Itamaraty frisou que há funcionários da embaixada brasileira em Chernivtsi, perto da fronteira ucraniana com a Romênia.

“Diplomata da embaixada do Brasil na Romênia também se deslocou para a fronteira para auxiliar o traslado, em ônibus providenciado pela embaixada, de brasileiros para a capital Bucareste. A embaixada também estabeleceu posto avançado na fronteira com a Moldova (caminho entre Kiev e Romênia) para recepcionar os brasileiros que porventura cheguem de forma avulsa àquela região fronteiriça”, explicou.

Já na Polônia, a Embaixada do Brasil em Varsóvia está em contato direto com brasileiros que se encontram próximos de Lviv, na Ucrânia. “Já estão naquela área ônibus providenciados pela embaixada brasileira para traslado à capital. Ademais, representantes do governo brasileiro se encontram na fronteira em contato regular com autoridades polonesas”, informou.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Mundo

Putin põe suas equipes de armas nucleares em posição de alerta
Invasão russa deixa 352 civis mortos na Ucrânia; exército do Kremlin reconhece perdas pela primeira vez
Deixe seu comentário
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa Na Tarde