Quinta-feira, 26 de Maio de 2022

Home Celebridades Jake Gyllenhaal finalmente fala de hit de Taylor Swift sobre o término deles – e reclama de “bullying” dos fãs dela

Compartilhe esta notícia:

Jake Gyllenhaal finalmente se manifestou sobre a regravação de 10 minutos de duração de “All Too Wel”‘, música de Taylor Swift que supostamente explora o motivo do término do namoro deles mais de 10 anos atrás.

Com o lançamento da nova versão do hit em novembro de 2021, o relacionamento do ator de 41 anos e da cantora, de 32, voltou a ser assunto na internet. Na letra da canção, Taylor fala de um fim de romance muito doloroso, e aponta que a relação chegou ao fim devido à diferença de idade entre ela (ou do “eu lírico”) e o ex.

Como a composição traz aparentes referências a Gyllenhaal – e ela foi escrita em 2011, pouco meses depois do término o final de 2010 –, fãs de Taylor usaram as redes sociais para criticarem o ator e fazerem piadas com ele recentemente.

“E se você fosse Jake Gyllenhaal e quisesse ir para o céu, mas Deus dissesse: ‘Não, lembre-se de quando você perdeu a festa de 21 anos da Taylor Swift’”, brincou um internauta.

“Jake Gyllenhaal terminou com a Taylor Swift porque ele disse que a diferença de idade era muito grande, e ela realmente escreveu ‘Eu fico mais velha, mas suas amantes continuam com a mesma idade’”, disse outro.

Jake finalmente se manifestou sobre “All Too Well” numa nova entrevista à Esquire. Perguntado sobre a música polêmica, ele declarou: “Não tem nada a ver comigo. É sobre o relacionamento dela com seus fãs. É a expressão dela. Artistas aproveitam experiências pessoais para inspiração, e eu não guardo ressentimento de ninguém por isso”.

O ator também negou ter passado por um período difícil desde que o hit foi relançado. Mas, ao ser questionado sobre a decisão de desabilitar os comentários no seu Instagram, afirmou: “Quando os apoiadores [de um famoso] ficam indisciplinados, acho importante sentirmos a responsabilidade de fazê-los serem civilizados e não permitir cyberbullying em nome de alguém. Isso implora por uma questão filosófica mais profunda. Não sobre qualquer indivíduo em si, mas é uma conversa que nos permite examinar como podemos – ou até mesmo devemos – assumir a responsabilidade pelo que colocamos no mundo, pelas nossas contribuições para o mundo. Como provocamos uma conversa? Vemos isso na política. Há raiva e divisão, e é literalmente uma ameaça à vida ao extremo”.

O artista continuou: “Minha pergunta é: este é o nosso futuro? A raiva e a polarização são nosso futuro? Ou podemos ser empoderados e empoderar os outros ao mesmo tempo em que colocamos empatia e civilidade na conversa dominante? Essa é a discussão que deveríamos ter”.

Jake ainda negou ter ouvido o novo álbum de Taylor, e declarou: “Não ignoro que há interesse em minha vida. Minha vida é maravilhosa. Eu tenho um relacionamento que é realmente maravilhoso, e tenho uma família que amo muito. E todo esse período de tempo me fez perceber isso”.

Jake Gyllenhaal namora a modelo de 26 anos Jeanne Cadieu desde 2018. Já Taylor Swift namora o ator Joe Alwyn, de 30, desde outubro de 2016.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Celebridades

Facebook pagará 90 milhões de dólares em processo por causa de rastreamento de usuários
Maiara e Maraísa cancelam turnê “Festival das Patroas”, anunciada um mês antes da morte de Marília Mendonça
Deixe seu comentário
Pode te interessar
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa Na Madrugada