Sábado, 02 de Março de 2024

Home Colunistas Lula freia o PT

Compartilhe esta notícia:

Lula da Silva desembarcou em Brasília para acalmar os ânimos dos petistas que querem voltar com sede ao pote de água benta da Esplanada dos Ministérios. Das hostes à cúpula, O PT, ainda encantado com o retorno ao Poder, está ansioso para ocupar espaços que já comandou. Mas o presidente eleito entendeu o recado das urnas e sabe pisar em território ainda hostil: Lula não volta ao Palácio com a força de antes, praticamente apenas metade do País o elegeu, e os aliados e adversários sabem disso. O Barba pisa em ovos para não criar crises antes da posse. Por isso freou os anseios do PT e abriu espaço generoso para os partidos da coalizão, inclusive no comando da Transição, ao escolher Geraldo Alckmin (PSB) para ser o gestor. Experiente e esperto, Lula avisou ontem aos presidentes da Câmara e Senado, Arthur Lira e Rodrigo Pacheco, que terá um governo para todos – um recado claro para o PT não se sentir hegemônico.

Virou em 5

O presidente Jair Bolsonaro (PL) virou a votação contra Lula da Silva (PT) em apenas cinco municípios da Região Nordeste, em relação ao 1º turno: Paripueira, Jequiá da Praia, Flexeiras, Novo Lino e Satuba deram mais votos ao Capitão na segunda fase da eleição. E só. O levantamento foi realizado pela Agência Tatu. Em média, 70% dos votos da região foram para Lula, a exemplo do 1º turno.

Limpando a sala

Todo ano de eleição presidencial, o CCBB deixa reservada a área para a equipe de transição e não usa as salas do 1º andar para apoio. Quem reparou foi um integrante da nova leva do Governo: a confiança na vitória de Bolsonaro era tanta que a turma deixou as salas ocupadas com material das exposições – e foi uma correria para realocar centenas de caixas, móveis, e abrir espaço para as mesas do Grupo de Transição. A assessoria do CCBB não comenta, mas garante que manteve as exposições.

Animais na transição

Um grupo formado por mais de 80 organizações que atuam na agenda animalista se articula junto a representantes do novo Governo eleito para a criação, a partir de 2023, do Conselho Nacional de Proteção e Defesa dos Direitos Animais no âmbito da Esplanada. Além disso, essas organizações – entre elas, a Alianima – pleiteiam a realização de Conferências Nacionais de Proteção e Defesa dos Direitos Animais.
Secura no Brasil

Dados da Agência Nacional das Águas, em parceria com o Map Biomas e Institutos Internacionais de Meteorologia, apontam que o Brasil ficou mais seco em 42% do seu território, área que corresponde a parte das regiões Nordeste, Centro-Oeste e Sudeste. Por outro lado, cerca de 25% do território brasileiro estão mais úmidos, com as chuvas mais intensas e frequentes no Norte da Amazônia e na região Sul. Os dados foram levados por cientistas à COP 27, no Egito.

Nos trilho$

A alemã Deutsche Bahn (DB), maior empresa de logística ferroviária do mundo, vai administrar por 15 anos os 2 mil km de linha férrea num complexo que ligará o Cairo, Alexandria e a cidade administrativa do Canal de Suez com trens de alta velocidade, o intercidade e os de cargas. Num contrato assinado anteontem no valor de um bilhão de euros. O brasileiro Gustavo Gardini é um dos membros da empresa. Ele é o diretor de parcerias globais estratégicas e investimentos sustentáveis da empresa.

Colaboraram Walmor Parente, Carolina Freitas, Sara Moreira e Izânio Façanha (charge)

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Colunistas

Pela democracia
Haddad e Alckmin
Deixe seu comentário
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa Na Tarde