Quarta-feira, 18 de Maio de 2022

Home em foco Magic Johnson ganha série documental que mostra sua genialidade no basquete e importância histórica

Compartilhe esta notícia:

Assim como Neymar, Michael Jordan e outros atletas que marcaram seus nomes na história do esporte mundial, Earvin “Magic” Johnson também ganhará uma série documental produzida por um serviço de streaming. A lenda do Los Angeles Lakers estreia o “They Call Me Magic”, da Apple TV+, que estreia no dia 22 de abril.

O documentário de Magic Johnson terá quatro episódios e contará a vida do astro dentro e fora da quadras de basquete. O empresário de 62 anos fez história na NBA como um dos maiores armadores de todos os tempos. Ele protagonizou, ao lado de Larry “Legend” Bird uma das maiores rivalidades na história do esporte: Los Angeles Lakers versus Boston Celtics. Magic tem cinco títulos da liga norte-americana.

Mas a história dele não termina aí. A série também conta da incrível luta de Magic Johnson e sua batalha com o vírus HIV. Ele descobriu ter contraído a doença antes da temporada 1991/1992, mais precisamente no dia 24 de outubro de 1991. Com isso anunciou sua aposentadoria do esporte.

Ele então se tornou um ativista da causa e, mesmo não atuando como antigamente, fez parte do Dream Team (O Time dos Sonhos) nos Jogos Olímpicos de 1992. Magic Johnson se tornou um empresário de sucesso, tendo assumido vários cargos nos bastidores dentro da NBA.

A série documental conversa com pessoas próximas a Magic, como familiares e outras personalidades do esporte. A produção conta a história desde a sua infância em Lansing, no estado de Michigan, até se tornar uma das maiores personalidades do mundo, não só por sua importância esportiva, mas principalmente pelas causas que defende.

Vida

Earvin “Magic” Johnson Jr. já foi também presidente de operações esportivas do Los Angeles Lakers. Johnson é considerado por muitos como um dos melhores armadores da história da NBA, conquistando cinco vezes o título da liga e sido eleito, em três temporadas o MVP (Jogador Mais Valioso).

Sua passagem pela NBA ficou eternizada com sua inclusão na lista de 50 Maiores Jogadores da História da liga e pela sua introdução no Basketball Hall of Fame. Johnson aposentou-se abruptamente em 1991, após anunciar que havia contraído o HIV, mas retornou para a disputa do Jogo das Estrelas, recebendo o prêmio de Jogador Mais Valioso da partida.

Após protestos de seus companheiros de esporte acerca de sua condição, parou novamente por quatro anos antes de retornar em 1996, aos 36 anos, para disputar mais 32 jogos pelos Lakers.

Magic disputou basquete universitário pela Universidade Estadual de Michigan, conduzindo sua equipe ao título da Primeira Divisão da NCAA em 1979. Ingressou na NBA naquele ano, sendo selecionado pelo Los Angeles Lakers com a primeira escolha geral do draft.

Em sua primeira temporada, Johnson conquistou seu primeiro título e tornou-se o primeiro novato a conquistar o prêmio de Jogador Mais Valioso das Finais da NBA. Sua performance no sexto jogo da série final, onde foi improvisado em diferentes posições, é considerada uma das maiores da história da liga. “Johnson redefiniu a esfera tradicional de posição porque ele podia ser excelente em qualquer fase do jogo”, afirma o seu perfil no website do Hall da Fama do Basquete.

Dentre os feitos de sua vitoriosa carreira constam três prêmios de Jogador Mais Valioso da NBA, três prêmios de Jogador Mais Valioso das Finais da NBA, nove aparições em finais da NBA, doze participações no Jogo das Estrelas, dois prêmios de Jogador Mais Valioso do Jogo das Estrelas e dez seleções para o Melhor Quinteto da NBA. Johnson liderou a liga em média de assistências seis vezes e é o jogador com a maior média de assistências por jogo da história da NBA, com 11,2. Ele foi, também, um membro do “Dream Team” que conquistou os Jogos Olímpicos de 1992.

Após sua aposentadoria, Magic tornou-se um porta-voz do sexo seguro e da prevenção contra o HIV e a Aids. Em 1991, ele criou a Fundação Magic Johnson, que busca auxiliar as pessoas no combate à doença. Earvin exerce atividade empresarial através das Empresas Magic Johnson, onde investe em diversos ramos de negócios e, também, realiza ações filantrópicas.

Ele integrou o grupo que adquiriu a equipe de beisebol Los Angeles Dodgers, em 2012. Johnson também atua como comentarista no programa televisivo NBA Countdown, da rede norte-americana ABC.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de em foco

Mutação no vírus HIV cria cepa mais virulenta e que desenvolve Aids mais rápido
Deixe seu comentário
Pode te interessar
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Atualidades Pampa