Quarta-feira, 01 de Dezembro de 2021

Home Acontece Melissa Guimarães Castello é eleita a nova Presidente do Conselho Administrativo da FESDT

Compartilhe esta notícia:

No início desta semana, ocorreram as eleições para os membros dos Conselhos Deliberativo, Administrativo e Curador da Fundação Escola Superior Direito Tributário (FESDT), na sede administrativa da Fundação. A doutora Melissa Guimarães Castello foi eleita a nova Presidente do Conselho Administrativo para a gestão 2022/2023 e será empossada na próxima terça-feira (16).

“Estou vinculada à FESDT há mais de 10 anos e a Fundação me deu muito espaço e oportunidades para desenvolver meus estudos e conhecimentos do Direito Tributário. Depois de quatro anos como vice-Presidente, chegou a hora de me envolver mais, e retribuir tudo o que a FESDT me deu”, afirmou a nova presidente da FESDT, doutora Melissa Guimarães Castello.

A Fundação Escola Superior Direito Tributário existe há 20 anos e é composta por membros reunidos em prol do interesse comum da ciência jurídico-tributária, que atuam nos principais órgãos responsáveis pela orientação, execução e fiscalização da tributação, como fiscais de tributos estaduais e federais, desembargadores, auditores, procuradores, bem como advogados, professores universitários e contadores.

Segundo Melissa, o início da pandemia da Covid-19 foi um período que representou enormes obstáculos para instituições como a FESDT. “Até 2020, nossa característica marcante era a realização de eventos presenciais e exclusivos, em que os alunos podiam ter um contato muito próximo com os maiores tributaristas do Brasil. A migração para o on-line, na gestão anterior, foi muito bem sucedida, tanto que nosso último Congresso, ocorrido em outubro de 2021, foi um grande sucesso”, contou.

Para enfrentar os próximos desafios que vêm pela frente, a presidente acredita que é preciso achar o ponto de equilíbrio entre o on-line e o presencial. “Tenho grandes expectativas de realizar eventos híbridos, de forma a permitir que os alunos aprendam com os melhores tributaristas do Brasil e do exterior”, afirmou.

Esta é a primeira vez, que uma gestão majoritariamente feminina, assume a frente da Fundação, em um setor que ainda é marcadamente masculino. “Sempre tive a visão de que as posições devem ser conquistadas por mérito e não por gênero. E foi partindo dessa premissa que convidei os integrantes do Conselho: cada um deles está lá por todo o trabalho que já dedicou à FESDT, atrelado à sua elevada capacidade técnica. Por coincidência, a maioria são mulheres maravilhosas e competentíssimas, o que só demonstra que a diferenciação por gênero não tem razão de ser”, enfatizou a presidente.

Questionada sobre os projetos da gestão anterior que devem ter continuidade, Melissa relatou que o projeto chamado Interpretação Autêntica, no qual entrevista professores de direito tributário de renome, será mantido devido ao seu grande sucesso.“Os nossos Cafés Diálogos Tributários, que são realizados mensalmente, há muitos anos, também serão mantidos, assim como os diversos cursos de extensão”.

Além disso, segundo ela, a Fundação precisa ter uma maior inserção em mídias sociais, para garantir sua visibilidade àqueles que se iniciam no estudo do Direito Tributário. “Este projeto, que já foi iniciado, será ampliado”.

O ex-presidente da FESDT, Fábio Raimundi, exerceu a presidência durante quatro anos. O seu principal objetivo foi fortalecer o diálogo entre o fisco e o contribuinte, por meio de uma série de atividades voltadas ao desenvolvimento e aprimoramento deste ramo do direito, a exemplo dos encontros mensais de debates intitulado “Café Diálogos Tributários” e dos diversos cursos de especialização realizados voltados aos profissionais da área, projetos que serão mantidos pela nova presidente.

“Sem dúvida, nosso maior desafio durante nossa gestão foi manter a atividade, a saúde financeira e a excelência dos serviços prestados pela FESDT à toda sociedade durante a pandemia da COVID-19, o que nos forçou a uma adaptação sem precedentes que penso ter sido exitosa. Nosso maior aprendizado foi compreender que, por mais que tenhamos um planejamento, sempre se faz necessário nos prepararmos para situações inesperadas, como aquele célebre provérbio italiano: Se não houver vento, reme”, concluiu Raimundi.

Conheça os membros dos Conselhos Administrativo, Deliberativo e Curador da FESDT:



Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Acontece

Eduardo Neubarth Trindade recebe medalha da 55ª Legislatura da Assembleia Legislativa RS
FGF e Frente Negra Gaúcha promovem evento sobre o Dia da Consciência Negra
Deixe seu comentário
Pode te interessar
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa Na Madrugada