Terça-feira, 24 de Maio de 2022

Home coronavírus Mortes de gaúchos por coronavírus chegam a 36.635. Novas vítimas incluem uma idosa de 100 anos

Compartilhe esta notícia:

Boletim oficial divulgado neste sábado (22) acrescentou 34 mortes à estatística do coronavírus no Rio Grande do Sul, que acumula 36.635 casos fatais de covid. Os falecimentos mais recentes abrangem desde um homem de 45 até uma anciã de 100 anos.

As perdas humanas mais recentes são mencionadas a seguir, em ordem alfabética conforme a cidade onde residiam (e não do hospital onde ocorreu o falecimento), com menção também ao gênero (feminino ou masculino) e idade.

– Arroio dos Ratos (mulher, 73 anos);
– Balneário Pinhal (homem, 53 anos);
– Balneário Pinhal (mulher, 69 anos);
– Bento Gonçalves (mulher, 54 anos);
– Bento Gonçalves (homem, 78 anos);
– Capão do Leão Fem, 57 anos);
– Caraá (mulher, 71 anos);
– Carazinho (homem, 96 anos);
– Carazinho (mulher, 84 anos);
– Cidreira (mulher, 75 anos);
– Guaíba (homem, 91 anos);
– Ijuí (homem, 58 anos);
– Imbé (mulher, 82 anos);
– Osório (homem, 45 anos);
– Palmares do Sul (homem, 79 anos);
– Passo Fundo (mulher, 61 anos);
– Passo Fundo (mulher, 48 anos);
– Porto Alegre (homem, 56 anos);
– Porto Alegre (homem, 66 anos);
– Porto Alegre (homem, 67 anos);
– Porto Alegre (mulher, 94 anos);
– Porto Alegre (mulher, 84 anos);
– Porto Alegre (homem, 45 anos);
– Rondinha (mulher, 90 anos);
– Santa Cruz do Sul (homem, 87 anos);
– Santa Maria (mulher, 87 anos);
– Santana do Livramento (mulher, 100 anos);
– Sapucaia do Sul (mulher, 81 anos);
– Sapucaia do Sul (homem, 68 anos);
– Sapucaia do Sul (homem, 70 anos);
– Torres (homem, 90 anos);
– Tramandaí (homem, 57 anos);
– Vale do Sol (homem, 87 anos);
– Xangri-lá (mulher, 93 anos).

Novos casos: número diário continua alto

No que se refere aos novos testes positivos, o sábado foi marcada por mais um alto número de confirmações: 20.838, segunda maior quantidade já registrada em um só relatório do governo gaúcho. Com isso, o Estado soma mais de 1,69 milhão de contágios em pouco mais de 22 meses de pandemia.

(Marcello Campos)

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de coronavírus

Empresas que tomaram dinheiro no mercado de capitais, aproveitando o cenário favorável da Selic muito baixa, verão seus custos com despesas de juros quase dobrar em 2022
Grêmio mantém ritmo elevado durante pré-temporada em Eldorado do Sul
Deixe seu comentário
Pode te interessar
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa Na Tarde