Sexta-feira, 01 de Julho de 2022

Home Rio Grande do Sul Mortes por dengue no Rio Grande do Sul sobem para 31; Porto Alegre tem segundo óbito neste ano

Compartilhe esta notícia:

Mais uma morte por dengue foi confirmada no Rio Grande do Sul, de acordo com a plataforma de monitoramento de arboviroses da Secretaria Estadual de Saúde (SES). O RS soma até o momento 31 óbitos pela doença em 2022, número significativamente maior do que o registrado em 2021 (11). Em Porto Alegre, foi confirmado o segundo óbito neste ano.

A SES também notifica 26.193 infecções por dengue este ano, das quais 21.948 são autóctones (adquiridas dentro do território gaúcho). A maior parte das pessoas que morreram tinha 70 anos ou mais (21). Outras dez que faleceram estavam com idade entre 10 e 59 anos.

Entre os municípios, Igrejinha é aquele que tem mais mortes no RS em 2022 (cinco). Em seguida aparecem Novo Hamburgo e Horizontina, com três óbitos cada.

Aedes aegypti

O Aedes aegypti, mosquito transmissor da dengue, tem em média menos de 1 centímetro de tamanho, é de cor escura e com riscos brancos nas patas, cabeça e corpo. O mosquito costuma ter sua circulação intensificada no verão, em virtude da combinação da temperatura mais quente e chuvas. Para se reproduzir, ele precisa de locais com água parada. Por isso, o cuidado para evitar a sua proliferação busca eliminar esses possíveis criadouros, impedindo o nascimento do mosquito.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Rio Grande do Sul

Porto Alegre será sede do maior evento itinerante do setor imobiliário
Frio aumenta, e Rio Grande do Sul deve atingir temperaturas mínimas do ano neste sábado
Deixe seu comentário
Pode te interessar
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa Na Tarde