Sexta-feira, 14 de Junho de 2024

Home Ciência Nasa agenda outra tentativa de lançamento da missão lunar Artemis 1

Compartilhe esta notícia:

A Nasa (agência espacial norte-americana) planeja fazer outra tentativa de lançar a missão lunar Artemis 1 neste sábado (3), depois de cancelar o lançamento planejado para ter acontecido na segunda-feira (29) devido a problemas no motor.

O foguete Space Launch System (SLS) deveria fazer seu primeiro voo de teste e iniciar o programa Artemis na segunda. No entanto, suas equipes de solo não conseguiram resfriar um de seus motores RS-25 que exibiam temperaturas mais altas que os outros três. A Nasa descobriu o problema apenas algumas horas antes do lançamento e teve que descartar o evento menos de uma hora antes da decolagem.

Durante uma entrevista coletiva sobre a nova data-alvo, o gerente do programa SLS, John Honeycutt , disse acreditar que o problema se originou de um sensor defeituoso. A equipe técnica do foguete ainda está revisando os dados e polindo seu plano para garantir que o lançamento no sábado aconteça.

Nos próximos dias, a equipe praticará procedimentos de carregamento de propulsores, que iniciariam o processo de resfriamento dos motores 30 a 45 minutos antes da contagem regressiva, em um esforço para garantir que eles atinjam a temperatura ideal para decolagem.

Se a equipe do SLS precisar de acesso ao sensor para resolver o problema, isso poderá atrasar a missão Artemis 1 em semanas ou até meses. Um lançamento SLS deve atender a uma série de condições ambientais para avançar, de modo que a agência espacial norte-americana só pode agendar uma missão dentro de janelas de tempo específicas. Assim que a disponibilidade atual do lançamento se encerrar em 6 de setembro, a próxima data possível para o teste de voo só poderá acontecer depois do dia 19 de setembro.

A equipe do SLS planeja revisar os dados e avaliar a prontidão de voo da missão nesta quinta-feira (1º). Se decidir prosseguir com o lançamento de 3 de setembro, o SLS decolará para o espaço a qualquer momento entre 15h17 e 17h17, no horário de Brasília , supondo que não ocorram outros problemas.

Sons inéditos

A Nasa divulgou nesta quarta-feira (31) a sonificação de algumas das imagens observadas pelo supertelescópio James Webb. O processo acontece quando cientistas usam programas de computador e linguagem de programação para “traduzir” informações não audíveis pelo ser humano (nesse caso, dados astronômicos) em uma onda sonora perceptível aos nossos ouvidos.

“A música toca nossos centros emocionais”, disse Matt Russo, músico e professor de física da Universidade de Toronto, nos Estados Unidos. “Nosso objetivo é tornar as imagens e os dados do Webb compreensíveis por meio do som – ajudando os ouvintes a criar suas próprias imagens mentais”, completou ele.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Ciência

Wanessa Camargo reencontra a mãe Zilu após dois anos: “Meu coração não aguenta”
Envelhecimento do couro cabeludo: cientista explica cuidados com cabelos após os 50 anos
Deixe seu comentário
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa News