Segunda-feira, 26 de Fevereiro de 2024

Home Tecnologia Nothing Phone (1) Lite pode ter bateria maior e carregador na caixa

Compartilhe esta notícia:

A Nothing apresentou seu primeiro smartphone há apenas algumas semanas, mas novos rumores apontam que a marca pode mostrar um segundo modelo. O suposto Phone (1) Lite seria uma versão mais barata do celular mostrado em julho, mas mantendo várias características técnicas.

De acordo com as últimas informações divulgadas, ele perderia a característica iluminação Glyph na parte traseira. O visual do Nothing Phone (1) foi o aspecto que mais chamou a atenção no dispositivo, justamente por conta deste conjunto de luzes LED no painel posterior.

Em compensação, o aparelho Lite ganharia uma bateria com capacidade 500 mAh mais alta, totalizando 5.000 mAh. Também é possível que este dispositivo venha com um carregador de 42 W na caixa, mesmo que seu suporte para carregamento rápido fique em 33 W — o mesmo do Phone (1). Além disso, a variante pode perder o suporte para recargas sem fio.

De qualquer forma, os rumores ainda não foram confirmados, e a própria Nothing se nega a revelar a existência de um dispositivo adicional até o momento. No momento, a marca vem lidando com problemas relacionados a atrasos em entregas, e falhas no controle de qualidade dos seus celulares.

Mesmo que tenha a nomenclatura Lite, o suposto aparelho herdaria diversos componentes de performance do Phone (1). Portanto, ele pode vir com um processador Snapdragon 778G Plus, enquanto as configurações ficariam em 8 GB ou 12 GB de RAM e 128 GB ou 256 GB de armazenamento interno UFS 3.1.

O Nothing Phone (1) Lite deve ter ainda o mesmo display AMOLED de 6,55 polegadas, com resolução Full HD e suporte para taxas de atualização a até 120 Hz. Seu conjunto de câmeras pode trazer dois sensores de 50 MP para câmera principal e ultrawide, assim como um componente de 16 MP para as selfies.

Os rumores apontam para uma possível apresentação ao mercado indiano, por um valor próximo a 25 mil rúpias — valor que pode ser convertido em aproximadamente R$ 1.674, sem a adição de impostos extras.

Restauração de fotos

Pesquisadores da Tencent, na China, desenvolveram um algoritmo de inteligência artificial (IA) capaz de restaurar fotografias antigas e com baixa resolução. A solução de código aberto ajuda a recuperar imagens danificadas pela ação do tempo em apenas alguns segundos.

De acordo com os cientistas, a ferramenta batizada de GFP-GAN (Rede Adversária Generativa Facial Pré-Generativa, em tradução livre) consegue corrigir pequenos defeitos sem interferir na originalidade da foto, proporcionando um resultado muito melhor do que outros sistemas disponíveis no mercado.

Essa nova abordagem utiliza uma versão do modelo de IA da Nvidia conhecido como StyleGAN-2 para eliminar ruídos, corrigir vincos causados por dobraduras, destacar detalhes obscuros e aprimorar as cores da fotografia, usando um método descrito pelos pesquisadores como “sistema de adivinhação”.

Ao contrário de outras soluções dedicadas ao aperfeiçoamento de fotografias, a GFP-GAN não adiciona novos elementos à imagem. Ela simplesmente limpa o cenário e, quando necessário, preenche algumas lacunas com base em informações obtidas por meio de um banco de dados.

O uso de métricas adicionais ajuda a inteligência artificial a aprimorar detalhes faciais como olhos, boca e nariz. Embora a ferramenta tenha sido criada para tratar imagens antigas e de baixa qualidade, ela também funciona em fotografias digitais corrompidas ou danificadas durante o processo de captura.

Apesar dos resultados impressionantes, os criadores da ferramenta alertam que ainda existem limitações e que o modelo utilizado durante os testes precisa ser aprimorado para evitar distorções que, ocasionalmente, podem causar uma ligeira mudança de identidade da pessoa retratada.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Tecnologia

Problemas de varizes afetam cerca de 38% da população e podem causar sérios danos à saude
Instagram Remix: veja como usar e impedir que usem suas fotos e vídeos
Deixe seu comentário
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa Na Tarde