Terça-feira, 16 de Julho de 2024

Home Saúde Novembro Azul: Mudanças no sistema urinário acendem alerta para o câncer de próstata, diz urologista

Compartilhe esta notícia:

No mês mundialmente dedicado ao combate ao câncer de próstata, a campanha Novembro Azul reforça a importância de saber identificar os sintomas, as formas de prevenção e as causas da neoplasia. Buscar informação é fundamental para melhorar a qualidade da saúde do homem.

Para o urologista da Hapvida NotreDame Intermédica atuante no Rio Grande do Sul, Luis Fernando Castro, a data desempenha um papel crucial ao conscientizar os homens sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce.

Dados do INCA (Instituto Nacional do Câncer) mostram que o câncer de próstata é o segundo tipo de tumor mais incidente na população masculina em todas as regiões do Brasil.

A estimativa é de mais de 70 mil novos casos por ano até 2025, sendo a segunda causa de óbito por câncer na população masculina. No Rio Grande do Sul, aproximadamente 3,5 mil homens devem ser diagnosticados com a doença até o fim do ano, sendo o Ministério da Saúde.

Para estimular a qualidade de vida dos gaúchos, Castro compartilha dicas importantes. “Sempre informo aos meus pacientes que a prevenção é mais eficaz do que a intervenção tardia”, afirma.

As medidas que podem ser adotadas para prevenir o câncer de próstata incluem a manutenção de uma rotina de atividade física, alimentação saudável, cessação do tabagismo, além da realização de exames periódicos. “A prevenção, portanto, é uma questão de escolhas conscientes”, ressalta.

Além da busca por hábitos mais saudáveis, a realização anual de exames a partir dos 50 anos é imprescindível, tendo em vista que, na maior parte dos casos, o câncer de próstata é assintomático em fases iniciais.

“Isso significa que, mesmo na ausência de sintomas evidentes, a realização de exames preventivos, como o PSA e o toque retal, é fundamental para detectar precocemente possíveis alterações”, elucida. Caso haja histórico familiar da doença, é recomendada a realização do exame anual a partir dos 45 anos.

Dúvidas comuns no consultório

Membro titular da Sociedade Brasileira de Urologia, Luis Fernando recebe diversas dúvidas sobre o câncer de próstata no consultório. As mais comuns estão relacionadas aos sintomas urinários.

O urologista explica que, em geral, pequenas variações podem ocorrer com o envelhecimento, mas qualquer mudança significativa, como dificuldade persistente para urinar ou alterações no padrão urinário, deve ser discutida com um profissional de saúde. “É importante estar atento à necessidade frequente de urinar, fluxo urinário fraco e presença de sangue na urina ou no sêmen”.

Outro tema frequente trazido por pacientes é a apreensão acerca do exame de toque. “Reforço sempre que a brevidade do procedimento é inversamente proporcional à sua importância na detecção precoce”, afirma o urologista. O diagnóstico precoce aumenta significativamente as chances de tratamento bem-sucedido e melhora a qualidade de vida. “Portanto, a atenção à prevenção e à detecção precoce é vital”, ressalta.

Para os pacientes diagnosticados, Luis destaca a importância da mentalidade positiva e da aderência às orientações médicas: “A jornada pode ser desafiadora, mas é possível enfrentá-la com determinação”, finaliza.

Sobre a Hapvida NotreDame Intermédica

Com 78 anos de experiência a partir das aquisições durante sua história no país, a Hapvida NotreDame Intermédica é hoje a maior empresa de saúde e odontologia da América Latina.

A companhia, que possui mais de 66 mil colaboradores, atende cerca de 15,8 milhões de beneficiários de saúde e odontologia e tem à disposição a maior rede própria de atendimento com um sistema integrado que conecta as unidades das cinco regiões do país.

 

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Saúde

Israel divulga vídeos com supostos reféns no Hospital Al-Shifa em 7 de outubro
Itamaraty fecha segunda lista de repatriação na Faixa de Gaza com 55 nomes
Deixe seu comentário
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Atualidades Pampa