Quarta-feira, 19 de Janeiro de 2022

Home Política O que pode mudar nos cassinos online se o presidente Bolsonaro vetar a regularização

Compartilhe esta notícia:

Enquanto as apostas esportivas foram legalizadas no governo de Michel Temer em 2018 e aguardam a regularização, os jogos de azar permanecem proibidos no Brasil. Sem poder frequentar cassinos físicos que não sejam clandestinos, os brasileiros recorrem aos sites de cassino online, que são licenciados em seus países e oferecem milhares de jogos.

Há, sim, projetos de lei que visam a liberação de cassinos físicos, e alguns poucos que se referem à liberação e regularização dos cassinos online. Nesse segundo caso, o Brasil finalmente conseguiria recolher, por meio de impostos, uma boa fatia dos milhões que a indústria arrecada todos os anos.

Não existe uma estimativa atual para a receita anual desses cassinos no Brasil, justamente por não haver um controle. O certo é que essas empresas estão investindo pesado no país, os jogadores já estão aproveitando a novidade, e o governo nada arrecada com isso.

Pouco mais de 2 meses atrás, o atual presidente Jair Messias Bolsonaro disse que vetaria a liberação dos jogos de azar no Brasil, provavelmente por influência da bancada evangélica.

O veto do presidente

Tendo se posicionado contra a liberação dos jogos de azar, os cassinos online seguem sem regularização. Na prática, isso não impacta em nada a experiência dos brasileiros, que continuariam a apostar como o fazem hoje. Na verdade, isso pode ser até positivo para os jogadores, uma vez que a regularização poderia ser negativa em diversos aspectos.

Por outro lado, o próprio filho do presidente, Flávio Bolsonaro (Patriota-RJ), movimenta o lobby para aprovação dos cassinos com foco em turismo, visando especialmente os seus redutos eleitorais. Portanto, esse jogo de política pode ter um desfecho não tão certo quanto se pode imaginar.

Ainda, vale ter em mente que o veto do presidente não anula por completo a aprovação dos jogos de azar e a regularização dos cassinos online. O Congresso avalia, em seguida, se o texto prossegue ou não para uma efetivação.

Futuro dos jogos de azar no País

A exemplo do que tem acontecido nos países mais desenvolvidos, e com o primeiro passo dado em 2018, é provável que, cedo ou tarde, os jogos de azar sejam liberados no País. Embora os jogadores possam curtir livremente seus caça-níqueis e até jogos de cassino de mesa em tempo real, o Brasil deixa de se beneficiar dessa indústria gigantesca que gera centenas de bilhões de dólares em todo o mundo.

Além disso, o submundo dos cassinos clandestinos, completamente opostos às apostas confortáveis e legais realizadas nos sites online, continua existindo. Ou seja, o propósito de quem atua contra a regularização dos jogos de azar em geral não é cumprido e apenas o País perde com isso.

Por hora, os brasileiros maiores de 18 anos podem se divertir com apps e sites dos seus cassinos online favoritos. Vale destacar que é sempre bom ter um site de confiança que os analise para somente escolher cassinos seguros para colocar e retirar o seu dinheiro.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Política

Governo gaúcho não emite avisos nem alertas contra o coronavírus na última semana de 2021
Escritora gaúcha Lya Luft morre aos 83 anos
Deixe seu comentário
Pode te interessar
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa Na Tarde