Terça-feira, 16 de Abril de 2024

Home Copa do Mundo 22 ONG pede R$ 1 milhão em ação contra a Confederação Brasileira de Futebol alegando maus-tratos a gato no Catar

Compartilhe esta notícia:

O Fórum Nacional de Proteção e Defesa Animal ingressou com uma ação civil pública contra a CBF (Confederação Brasileira de Futebol) alegando maus-tratos ao gato que “invadiu” a entrevista coletiva do atacante da Seleção Vinicius Jr., na quarta-feira (07), no Estádio Grand Hamad, em Doha, no Catar.

A ONG, em parceria com outras organizações, cobra que a CBF faça uma retratação pública e pague uma multa de R$ 1 milhão. A intenção, de acordo com o Fórum, é que o valor seja direcionado para um fundo que seria utilizado para “benefício da coletividade”.

No episódio, após o gato aparecer na mesa onde ficam os microfones, o assessor da CBF Vinicius Rodrigues agarrou o animal pela pele do dorso e o jogou no chão. A forma como Vinicius tratou o gato repercutiu negativamente nas redes sociais.

Segundo a diretora jurídica do Fórum Animal, Ana Paula Vasconcelos, a ação judicial tem caráter educativo. “Acreditamos no caráter educativo da ação e que o direito e a dignidade dos animais seja objeto de reflexão para toda a sociedade”, afirmou.

“As imagens que percorrem o mundo estão dando péssimos exemplos para incentivar práticas cruéis para com os animais e, inclusive, reforçam o estigma de que animais podem ser tratados como coisa e não como seres sencientes e conscientes que são”, argumentou a ONG em nota.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Copa do Mundo 22

Lula e Alckmin são diplomados pelo Tribunal Superior Eleitoral nesta segunda-feira
Eliminação do Brasil da Copa do Catar reduz movimento em bares e restaurantes em todo o País
Deixe seu comentário
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Show de Notícias