Domingo, 29 de Maio de 2022

Home Economia Orçamento prevê a abertura de 43 mil vagas em 2022

Compartilhe esta notícia:

O Orçamento de 2022 sancionado pelo presidente Jair Bolsonaro prevê a abertura de 43.192 vagas de trabalho em todos os Poderes com a convocação de aprovados em seleções já realizadas ou por meio de novos concursos.

De acordo com a peça publicada nesta segunda-feria (24), no Diário Oficial da União, estão previstas a reposição de 38.929 vagas no serviço público, além de criação de 4.263 novos postos de trabalho a nível federal. Apesar da previsão orçamentária, a publicação de editais e a realização das provas dependem de aprovações específicas ao longo do ano.

O Poder Executivo concentra a maior parte das vagas previstas no Orçamento, com a reposição de 37.090 postos, sendo 30.850 em carreiras civis, 4.649 em fixação de efetivos militares e 1.591 referentes ao Fundo Constitucional do Distrito Federal (bombeiros, policiais militares e policiais civis do DF). Dentro das vagas civis, a maioria (19.272) está ligada ao banco de professores e técnicos em Educação.

Já a criação de 1.129 novos cargos no Executivo Federal é totalmente voltada para o anteprojeto de Lei que cria os “Cargos Comissionados de Militares” e as “Gratificações de Militares Fora da Força”.

O Poder Judiciário tem a previsão de reposição de 1.490 vagas, além da criação de 2.117 novos cargos. Na Defensoria Pública da União, a estimativa é de reposição de 95 vagas e a criação de outras 1.011. Para o Ministério Público da União e o Conselho Nacional do MP o Orçamento prevê a reposição de 191 vagas e a criação de 6 postos.

Já em todo o Poder Legislativo Federal, a previsão é de reposição de apenas 63 postos, sendo 28 na Câmara dos Deputados, 19 no Senado e 16 no TCU (Tribunal de Contas da União).

A despesa total reservada para a criação ou provimento de vagas em 2022 é de R$ 3,009 bilhões. Em termos anualizados, esse aumento de gasto é estimado em R$ 4,115 bilhões.

A proposta original do governo para o Orçamento de 2022 previa uma despesa recorde de R$ 5,3 bilhões em contratações para este ano. O projeto contemplava a reposição de 69.543 vagas e a criação de 4.097 novos postos no serviço público federal. O número, no entanto, foi reduzido pelo Congresso.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Economia

Atirador abre fogo em universidade na Alemanha
Ministro do Supremo Ricardo Lewandowski suspende parte do decreto de Bolsonaro que autoriza construção em área de cavernas
Deixe seu comentário
Pode te interessar
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa Na Madrugada