Segunda-feira, 26 de Fevereiro de 2024

Home Mundo Organização Mundial da Saúde decide renomear varíola dos macacos como mpox

Compartilhe esta notícia:

A Organização Mundial da Saúde (OMS) anunciou nesta segunda-feira (28) que decidiu renomear a doença varíola dos macacos (monkeypox, em inglês) como mpox. O termo varíola dos macacos passou a ser usado após a detecção do vírus em primatas em um laboratório da Dinamarca em 1958. No entanto, o patógeno também é encontrado em outros animais, sobretudo roedores.

Em agosto, a OMS já havia externado o desejo de renomear a doença para um termo menos estigmatizante. O vírus pode ser transmitido de animais para humanos, mas a explosão recente de casos mundo afora se deve à transmissão entre pessoas, segundo a OMS.

“Após uma série de consultas com especialistas globais, a OMS começará a usar o novo termo ‘mpox’ como sinônimo de monkeypox. Ambos os nomes serão usados simultaneamente por um ano, enquanto o termo ‘monkeypox’ é eliminado gradualmente”, disse a agência de saúde da ONU em um comunicado.

“A OMS adotará o termo mpox em suas comunicações e encoraja outros a seguirem essas recomendações, para minimizar qualquer impacto negativo contínuo do nome atual e da adoção do novo nome.”

Ataques a macacos

Em agosto, a OMS condenou relatos de ataques contra primatas no Brasil devido ao medo de contágio pela mpox. Segundo o portal G1 noticiou na época, o aumento de casos da doença provocou uma onda de ataques a macacos no país.

A doença foi identificada pela primeira vez em seres humanos em 1970, na República Democrática do Congo, e permanece endêmica em partes da África Ocidental e Central. No entanto, em maio deste ano, casos da doença começaram a ser identificados em todo o mundo. Cerca de 81.107 pessoas foram infectadas em 110 países, e 55 mortes foram relatadas à OMS.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Mundo

Torcedores argentinos apanham de mexicanos dentro de estádio no Catar
Ministro do Supremo leva ao plenário julgamento sobre o que os juízes podem escrever nas redes
Deixe seu comentário
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa Na Tarde