Segunda-feira, 17 de Janeiro de 2022

Home em foco Passageiros são presos após tentarem entrar ilegalmente na Espanha em parada de emergência de avião

Compartilhe esta notícia:

Um dos aeroportos mais movimentados da Espanha fechou por quase quatro horas, após uma aparente tentativa de imigrantes de entrar ilegalmente no país. Um avião voando de Casablanca, no Marrocos, para Istambul, na Turquia, foi desviado para Palma de Maiorca depois que uma emergência médica foi relatada a bordo na semana passada.

Quando o avião pousou, 21 passageiros correram pelas pistas, escapando pela cerca do aeroporto. Posteriormente, a polícia fez prisões, mas 12 passageiros ainda estavam foragidos no último fim de semana.

A polícia está investigando se a fuga do grupo do avião foi espontânea ou uma trama elaborada para imigrar ilegalmente. A principal autoridade do governo espanhol para as Ilhas Baleares, Aina Calvo, disse que nunca houve um episódio parecido com esse em qualquer aeroporto espanhol.

O problema começou quando os serviços de emergência da Espanha embarcaram no avião da Air Arabia Maroc para retirar um homem marroquino que supostamente entrou em coma diabético. Nesse momento, 21 outros passageiros desceram as escadas e fugiram. Acredita-se que eles se esconderam sob os demais aviões estacionados na pista.

Presos

Depois que um exame de saúde em um hospital constatou que o marroquino estava bem, ele recebeu alta e foi preso por entrar ilegalmente no país, informou a agência de notícias espanhola Efe. Um passageiro que o acompanhava ao hospital teria desaparecido.

A maior parte dos fugitivos detidos foram encontrados pelas autoridades, relata o Majorca Daily Bulletin. Um deles foi pego enquanto caminhava na estrada em direção à cidade de Manacor.

O número total de passageiros envolvidos no incidente foi 24, incluindo uma pessoa presa por comportamento agressivo no avião. Cerca de 60 voos nacionais e internacionais foram desviados ou atrasados como resultado do episódio.

O avião da Air Arabia Maroc mais tarde seguiu para a Turquia com os passageiros restantes.

Espanha

A Espanha é um dos destinos mais procurados por brasileiros que buscam uma nova oportunidade de vida na Europa. No entanto, para o sonho não virar um pesadelo, é necessário estar em situação regular, como exige a lei espanhola. Ou, popularmente falando, é preciso se legalizar na Espanha.

Os brasileiros não precisam de visto para ficar na Espanha ou em outros os países do Espaço Schengen por 90 dias, não necessariamente consecutivos. Isso quer dizer que, em um período de 180 dias, você pode ficar um total de 90 no Espaço Schengen.

Lembrem-se: 90 dias são exatamente 90 dias, nem mais nem menos. Passado esse período, se o estrangeiro resolver continuar no país, entra em uma situação de irregularidade.

O Acordo de Schengen é uma convenção entre países europeus sobre uma política de abertura das fronteiras e livre circulação de pessoas entre os países signatários. Um total de 26 países, incluindo quase todos os integrantes da União Europeia — as exceções são Bulgária, Romênia, Chipre, Croácia e Irlanda — e quatro países que não são membros da UE (Islândia, Noruega, Liechenstein e Suíça), assinaram o acordo de Schengen.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de em foco

Advogada é condenada a indenizar cliente por peticionar em Vara errada
Supremo dá prazo de 24 horas para Câmara explicar votação contestada por Rodrigo Maia
Deixe seu comentário
Pode te interessar
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa Na Madrugada