Quinta-feira, 18 de Julho de 2024

Home Rio Grande do Sul Placa é inaugurada por Mauricio de Sousa no aniversário da Vila da Mônica Gramado

Compartilhe esta notícia:

Com a presença do cartunista Mauricio de Sousa, a Vila da Mônica Gramado comemorou o seu primeiro aniversário no dia 13 deste mês, com um evento mais do que especial. Além de bolo e do tradicional “Parabéns a Você”, a festa contou com o descerramento da placa alusiva à certificação LEED Platinum, concedida pela organização não governamental United States Green Building Council (USGBC) a edificações que alcançaram os mais altos níveis de sustentabilidade.

Na Praça Sansão, a CEO Manoela Moschem e o criador da Turminha inauguraram a distinção que coloca a Vila entre as 500 edificações mais sustentáveis do mundo.

“Estamos muito felizes e orgulhosos em ser o primeiro parque da América Latina a conquistar esta certificação internacional tão importante”, afirmou Manoela.

Mauricio fez um agradecimento e ressaltou a alegria de participar do primeiro aniversário da Vila. “Estou muito feliz vendo que o que plantamos aqui está dando flores, está dando resultados, está dando alegria, está alegrando a criançada”, afirmou, emocionado.

Do inglês Leadership in Energy and Environmental Design (Liderança em Energia e Design Ambiental), a certificação LEED Platinum reconhece construções que obedecem a parâmetros de sustentabilidade, desempenho e baixo impacto ambiental. No processo de reconhecimento, foram analisados oito quesitos: localização e transporte, sustentabilidade do terreno, eficiência no uso da água, energia e atmosfera, materiais e recursos, qualidade do ambiente interno e inovação & design. “A certificação reconhece a Vila como uma construção sustentável, ou seja, que consome menos água e energia; que fornece conforto, bem-estar e saúde aos seus visitantes; que utiliza materiais de forma inteligente, conservando recursos naturais; e que reduz o seu impacto ambiental”, explica Manoela que, em breve, espera comemorar mais uma certificação – a WELL Building Standard –, cujo processo está em andamento.

Também emitida pela USGBC, a certificação avalia como as estruturas, os sistemas e o design de um prédio impactam a qualidade de vida dos seus moradores, usuários ou, no caso da Vila da Mônica, colaboradores e visitantes. No processo de certificação, são observados dez itens: ar, água, nutrição, luz, movimento, conforto térmico, som, materiais, mente e comunidade. “Para conquistar mais essa certificação tão importante, nós devemos mostrar que o parque tem uma operação saudável e está de acordo com todos os parâmetros exigidos, como, por exemplo, um alto nível de qualidade de ar; uma boa gestão dos recursos hídricos; o incentivo à alimentação saudável; o conforto térmico e acústico e a promoção de valores como igualdade social, engajamento civil e acessibilidade”, destaca Manoela.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Rio Grande do Sul

Governo gaúcho lança programa de apoio a ações em favor da sustentabilidade climática
Ataque em escola: atirador era vítima de bullying, diz advogado da família do agressor
Deixe seu comentário
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa Na Madrugada