Segunda-feira, 23 de Maio de 2022

Home Brasil Polícia Federal prende dois homens por maus-tratos a girafas

Compartilhe esta notícia:

Dois homens foram presos em flagrante e 15 girafas foram apreendidas em um resort safári, em Mangaratiba, na Costa Verde, do Rio de Janeiro. Os presos eram responsáveis pela manutenção dos animais.

No local os policiais federais e os analistas ambientais constataram situação de maus-tratos dos animais. As 15 girafas foram apreendidas. O Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis) ficará responsável pela supervisão e tomar as providências necessárias para manter a integridade das girafas.

A ação foi desencadeada a partir de um inquérito policial instaurado pela Delegacia de Repressão a Crimes contra o Meio Ambiente e Patrimônio Histórico e foi acompanhada também por analistas ambientais do Ibama.

O objetivo da ação era apurar as circunstâncias das mortes de três girafas de um conjunto original de 18 girafas importadas da África do Sul no ano passado. Os animais escaparam da área reservada, foram recapturadas, mas morreram no dia 14 de dezembro de 2021.

Além das prisões, a investigação segue com o objetivo de apurar as circunstâncias e a legalidade da importação dos animais, além das condições de manutenção e cuidado das girafas.

Resort

O Resort lamentou, em nota, o ocorrido. “Lamentavelmente, durante as operações de manejo, um grupo de girafas escapou da área reservada para a sua adaptação. Após a captura, três faleceram”, informou o documento. “Por ser uma espécie sensível, determinadas situações podem levar ao desequilíbrio orgânico do animal. O Portobello Resort & Safári assegura, contudo, que trabalha com todo o rigor e cuidado exigidos, seguindo os protocolos de segurança necessários. Cabe ressaltar que, antes da chegada das girafas, o espaço passou por uma vistoria, feita pelo órgão competente, que constatou que o local estava em boas condições”, destacou a nota.

Tartaruga idosa

Quando Jonathan, a tartaruga gigante, nasceu, a rainha Vitória era apenas uma adolescente.
Enquanto a monarca britânica morreu há mais de 120 anos, Jonathan continua movendo-se em torno do planeta Terra. Talvez o residente mais famoso de Santa Helena, uma das ilhas mais remotas do mundo, Jonathan celebra neste ano o seu 190º aniversário – fazendo dele a tartaruga mais longeva de todo o sempre.

Segundo o Guinness World Records, Jonathan é o mais antigo quelônio de todo o sempre – uma categoria que engloba todas as tartarugas, cágados e jabutis.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Brasil

Bairro Cidade Baixa recebe árvores em vasos feitos de sacolas plásticas
Ômicron faz empresários pedirem novas regras para o cancelamento de eventos
Deixe seu comentário
Pode te interessar
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa News