Quarta-feira, 17 de Julho de 2024

Home Polícia Polícia Rodoviária Federal prende traficante com mais de 40 quilos de maconha em Carazinho

Compartilhe esta notícia:

Na tarde dessa quarta-feira (8), a Polícia Rodoviária Federal prendeu um homem que transportava maconha no interior de um carro na BR 285 em Carazinho. Ele tentou fugir, mas acabou preso.

O suspeito foi detido durante ação de combate ao crime na rodovia. Policiais Rodoviários Federais deram ordem de parada ao condutor de um Astra, com placas de Serafina Corrêa, que seguia no sentido Carazinho – Cruz Alta. O motorista desobedeceu a ordem dos agentes e fugiu, mas foi seguido pela viatura e interceptado logo à frente.

O criminoso de 18 anos de idade, natural de Cruz Alta, já tinha ocorrência por desobediência e desacato. Ele informou que entregaria a droga em Cruz Alta. No interior do carro foram encontrados pouco mais de 40 kg de maconha.

O traficante foi preso em flagrante e encaminhado à polícia judiciária local, com a maconha e o carro apreendidos.

Descumprimento de medidas protetivas

A Polícia Rodoviária Federal prendeu um homem na BR-116, em Novo Hamburgo, por descumprimento de medidas protetivas. Mesmo sabendo da restrição, ele ignorava a determinação, indo até a residência da ex-esposa, a ameaçando e agredindo. A prisão aconteceu nessa quarta-feira (8), Dia Internacional da Mulher.

Em ação de combate ao crime, a PRF abordou uma Hilux SW4 e, após averiguação, constatou que o condutor, um homem de 57 anos, tinha um mandado de prisão por descumprimento de medidas protetivas.

De acordo com as ocorrências registradas pela mulher, o homem, oriundo de Palmeira das Missões, estava ameaçando e agredindo a ex-esposa após o término do casamento de 33 anos. Em uma das ocasiões, ela teria sido estrangulada e, sendo puxada pelos cabelos, foi coagida a mostrar o histórico de ligações no seu celular.

O homem foi preso e encaminhado para a polícia judiciária em Novo Hamburgo.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Polícia

Brasil muda postura e critica violações de direitos na Nicarágua
Dinheiro esquecido: bancos têm até 12 dias para devolver os valores após a solicitação do cliente
Deixe seu comentário
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Show de Notícias