Sábado, 04 de Dezembro de 2021

Home Filipe Guerrero Gracia Por que movimentar o corpo é importante

Compartilhe esta notícia:

Ficar muito tempo na mesma posição, seja ela sentado, em pé ou deitado, pode não ser saudável para o corpo. Ficar muito tempo em pé em uma fila de banco, ficar muito tempo sentado no trabalho ou até mesmo incômodos ao permanecer muito tempo deitado podem ter uma explicação e, se bem identificadas, podem ser tratadas com maior eficiência.

Ficar em pé se torna cansativo em longos períodos, não apenas por causa do esforço muscular, mas também devido ao aumento da pressão sanguínea nas veias das pernas e ao acúmulo progressivo de líquidos nas extremidades das pernas. O sangue é bombeado para cima por meio de válvulas nas veias das pernas, que precisam da contração da panturrilha para exercerem sua função adequadamente.

Ao permanecer parado, essa musculatura não ajuda o sangue a vencer a gravidade. O acúmulo de sangue nas extremidades causa inchaço e aumenta o risco de varizes e trombose venosa profunda.

Além disso o movimento dos passos ajuda a lubrificar as articulações e, durante ele, há alternância da musculatura em uso e quando isso não ocorre, a pessoa pode sentir dores durante o dia e, em longo prazo, desenvolver um desgaste articular permanente.

Para evitar complicações do excesso de horas de pé, mantenha-se hidratado, use calçados confortáveis, faça alongamentos e pratique regularmente exercícios físicos, que fortalecem a musculatura para sustentar melhor o próprio corpo.

Assim como ficar em pé durante muito tempo, passar muito tempo sentado também é prejudicial para o corpo. Quando passamos muito tempo sentados, a musculatura que ajuda a estabilizar a coluna, como os músculos profundos do abdômen e da região lombar, fica mais relaxada. Essa situação interfere na postura e aumenta a pressão sobre os discos da coluna, o que pode gerar desconfortos e fortes dores nas costas e na lombar e, também, inflamações nervosas.

Uma pessoa, quando está sentada, fica com os seus vasos sanguíneos comprimidos. A má circulação sanguínea costuma causar inchaço e dores nas pernas, podendo ocasionar varizes e, até mesmo, problemas mais sérios como a trombose, que é a formação de coágulos nas veias além de provocar cansaço e fadiga.

Outra consequência de manter o corpo sentado por várias horas ininterruptas do dia é o impacto negativo nas articulações, que pode resultar em problemas como artrite e tendinite.

Após passar muito tempo em pé ou sentado no trabalho o que mais queremos é chegar em casa, descansar e deitar na cama ou sofá e, se for por longos períodos, pode ser prejudicial para nossa coluna, principalmente. Quando permanecemos em repouso por muito tempo a musculatura da coluna enfraquece, fazendo com que ela perca tônus muscular aos poucos. Com isso, a estabilidade da região fica prejudicada, aumentando o risco de lesões.

Outros hábitos como jogar, assistir vídeos e movimentar as redes sociais sem precisar estar sentado frente a um computador ou notebook são algumas das comodidades proporcionadas pelos smartphones, mas que causam prejuízos em relação à postura. Geralmente o pescoço fica curvado aumentando a tensão na região da cintura escapular, interferindo no funcionamento da coluna inteira.

Além da falta de movimentação, a postura errada e os músculos enfraquecidos também são fatores que contribuem para esse incômodo. O corpo humano não foi feito para ficar parado em uma mesma posição por muito tempo. Mesmo com a postura correta, a falta de movimentação faz com que os músculos entrem em fadiga e doam.

Antes de se movimentar, é preciso ver se o corpo estará apto para isso. Movimentar o corpo e manter a postura correta devem ter a orientação de profissionais qualificados. Realizar uma avaliação com Osteopata, Fisioterapeuta ou Educador Físico é fundamental para que o corpo se movimente saudavelmente.


Filipe Guerrero Gracia – Osteopata DO MRO Br

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Filipe Guerrero Gracia

Quem devo procurar quando tenho dor (parte 2)
Travou as costas e agora?!
Deixe seu comentário
Pode te interessar
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa Na Madrugada