Terça-feira, 23 de Abril de 2024

Home boas noticias Porto Alegre reduz fila de consultas oftalmológicas em 33%

Compartilhe esta notícia:

A fila de espera por consultas oftalmológicas diminuiu 33% de janeiro a agosto, em Porto Alegre. Das 27.557 pessoas que aguardavam no início deste ano, o número baixou para 18.324 pacientes nas 13 subáreas calculadas.

As reduções mais expressivas foram percebidas em três áreas. Foi o caso da cirurgia para catarata, que completou o atendimento das 978 pessoas na espera e hoje não possui mais fila.

O atendimento geral adulto e a triagem visual também tiveram diminuição significativa: o primeiro passou de 12.114 para 5.752 pessoas na espera e a segunda, de 8.425 para 5.942.

“A tendência é podermos reduzir ainda mais a fila por consultas oftalmológicas nos próximos meses, diferença motivada especialmente pela contratualização de novos prestadores”, avalia a coordenadora-adjunta da Unidade de Regulação Ambulatorial da SMS, Lívia Mastella.

A oftalmologia concentra a maior parte dos pedidos de consultas na capital gaúcha. Em função disso, a Secretaria Municipal de Saúde busca ampliar os atendimentos, que ficaram represados em função da pandemia de Covid-19.

A partir de maio, por exemplo, foram contratualizadas 2 mil consultas mensais extras no HRES (Hospital da Restinga e Extremo Sul) e 1 mil consultas extras no mês, no Hospital Vila Nova.

Cooperação

Em junho, a prefeitura firmou acordo de cooperação com a Fundação Leonística de Assistência Social para a realização de consultas oftalmológicas e fornecimento de óculos de grau pelo SUS.

O objetivo é, até o fim de 2023, atender 2.350 pacientes regulados pelo sistema Gercon (sistema de gerenciamento de consultas da SMS), oferecendo, além de atendimento com médico oftalmologista, o fornecimento gratuito de óculos para a correção de transtornos de refração, como miopia, astigmatismo e hipermetropia. No mês de julho, a SMS também firmou parceria com a Sociedade de Oftalmologia do Rio Grande do Sul para ampliar o número de consultas.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de boas noticias

Governo federal deverá fechar o ano com o primeiro superávit primário desde 2013
Declarações do Imposto de Renda na malha fina chegam a 1,03 milhão
Deixe seu comentário
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa Na Tarde