Terça-feira, 24 de Maio de 2022

Home Colunistas Presidente Jair Bolsonaro não vem à Expodireto, mas prepara anúncios para o agro

Compartilhe esta notícia:

O presidente Jair Bolsonaro cancelou sua participação na abertura oficial da Expodireto, na próxima segunda-feira, dia 7, em Não-Me-Toque. Mesmo não comparecendo ao evento, o presidente avalia com a ministra Tereza Cristina, da Agricultura, Pecuaria e Abastecimento, o anuncio de medidas destinadas a prorrogar alguns benefícios específicos que atendam aos produtores atingidos pela estiagem, como a liberação de recursos de crédito rural subsidiado. “Teremos uma exposição que vai reviver os grandes momentos do agro. É nos tempos difíceis que o produtor mostra o seu brio e será na Expodireto que traremos oportunidades, alternativas e soluções para esse produtor. Juntos faremos uma grande feira”, comentou Nei César Manica, presidente da Cotrijal.

PGR não vê problema na viagem de Carlos Bolsonaro à Rússia

Usando a lei e o bom senso, a Procuradoria-Geral da República (PGR) afirmou ontem ao Supremo Tribunal Federal que não identificou “elementos mínimos indiciários de qualquer prática delitiva” para investigar a viagem do vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos-RJ) e do assessor Tércio Arnaud na comitiva presidencial à Rússia. O documento está assinado pela subprocuradora-geral da República Lindôra Araújo. É uma resposta ao pedido do senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) que foi rapidamente despachado pelo ministro do STF Alexandre de Moraes, como sempre acontece quando se trata de petições que aportam no STF e mencionam algum membro da família Bolsonaro.

Produção brasileira do agro, e importação de fertilizantes

Embora seja o maior produtor e exportador mundial de soja, açúcar, café e suco de laranja, e destaque na produção e exportação global de milho, algodão e carnes, o Brasil também é grande importador de adubo para melhorar a produtividade da agricultura.

Um dado importante: em 2021 o Brasil importou 41,6 milhões de toneladas de fertilizantes da Rússia, que foi a principal origem dos adubos importados pelo Brasil, suprindo 22% de nossa demanda externa. O Brasil, ao lado da Índia, se destaca como principal importador global. O Estado que mais importou foi Mato Grosso, maior produtor brasileiro de soja, milho e algodão, com 19% do total importado. Seguem Rio Grande do Sul (16%) e Paraná (13%), que são grandes produtores de soja, milho e trigo, e São Paulo (11%), maior produtor de açúcar e etanol de cana no País. O Brasil compra da Rússia o cloreto de potássio (amplamente utilizado na soja), responsável por um terço das importações brasileiras de fertilizantes.

Encontro sobre agricultura mostra esvaziamento do PP no governo gaúcho

O esvaziamento do PP no governo gaúcho está cada vez mais evidente, após o alinhamento do governador Eduardo Leite com o chamado “novo MDB” liderado pelo deputado Gabriel Souza. Ontem, em Washington, na sede do Instituto Iberoamericano de Cooperação para a Agricultura, em vez da secretária da Agricultura, deputada Silvana Covatti, o governo gaúcho foi representado pelo secretário de Desenvolvimento Econômico, Edson Brum, no encontro com representantes da Associação Nacional das Secretarias Estaduais de Agricultura que discutiu tecnologias para a agricultura e oportunidades para indústrias brasileiras nos Estados americanos. O secretário Edson Brum afirmou aos representantes das secretarias da Agricultura que “o Rio Grande do Sul, que é importante produtor agrícola, tem ótimas condições de atender ao mercado americano”.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Colunistas

Janela partidária se abre para debandada geral
Uso de máscaras não será mais obrigatório nas escolas de Santa Catarina
Deixe seu comentário
Pode te interessar
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa Na Tarde