Terça-feira, 28 de Maio de 2024

Home Mundo Putin diz que as sanções ocidentais à Rússia são uma ameaça para o mundo inteiro

Compartilhe esta notícia:

O presidente russo Vladimir Putin disse, nesta quarta-feira (07), que a “febre das sanções do Ocidente” representa uma ameaça para o mundo inteiro e sacrifica a vida dos europeus.

Em discurso no Fórum Económico Oriental, em Vladivostok, na Rússia, Putin afirmou que os países mais pobres estão perdendo o acesso aos alimentos. “A pandemia foi substituída por novos desafios globais, que ameaçam o mundo inteiro. Refiro-me à febre das sanções do ocidente”, disse Putin.

Ele criticou “a teimosa recusa das elites ocidentais em ver os fatos” e “a dominação ardilosa dos Estados Unidos” na implementação de pesadas sanções contra a Rússia, após a invasão da Ucrânia, em 24 de fevereiro.

“Mudanças irreversíveis ocorreram em todo o sistema de relações internacionais”, afirmou. Putin acrescentou que, apesar das duras sanções, a Rússia sairá da guerra com a sua soberania fortalecida. “Tenho certeza de que não perdemos nada e não perderemos nada. Há alguma polarização, mas penso que só será benéfica.”

O presidente da Rússia também afirmou que os cereais ucranianos, cujas exportações foram retomadas em agosto após meses de bloqueio pelas forças russas, estão seguindo apenas para a União Europeia e não para os países pobres.

“Fizemos tudo para garantir que os cereais ucranianos pudessem ser exportados. Encontrei-me com os líderes da União Africana e prometi que tudo vai ser feito para garantir os interesses deles e que iríamos facilitar a
exportação”, disse Putin.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Mundo

Novo ataque a tiros deixa um morto e quatro feridos em Porto Alegre
Em Brasília, Bolsonaro participa do desfile militar em comemoração ao bicentenário da Independência
Deixe seu comentário
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa Na Tarde