Terça-feira, 28 de Maio de 2024

Home Economia Puxada pela alta dos preços dos medicamentos, inflação brasileira fica em 0,61% em abril

Compartilhe esta notícia:

O IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo), que mede a inflação oficial do País, ficou em 0,61% em abril, 0,10 ponto percentual abaixo da taxa registrada em março.

No ano, o IPCA acumula alta de 2,72% e, nos últimos 12 meses, de 4,18%, abaixo dos 4,65% observados nos 12 meses imediatamente anteriores. Em abril de 2022, o índice variou 1,06%. Os dados foram divulgados nesta sexta-feira (12) pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

Todos os nove grupos de produtos e serviços pesquisados apresentaram alta em abril, sendo o maior impacto (0,19 ponto percentual) e a maior variação (1,49%) em saúde e cuidados pessoais, onde a principal contribuição (0,12 ponto percentual) veio dos produtos farmacêuticos (3,55%), após a autorização do reajuste de até 5,6% nos preços dos medicamentos a partir de 31 de março.

O item plano de saúde (1,2%) incorporou as frações mensais dos reajustes dos planos novos e antigos para o ciclo de 2022 a 2023. Além disso, os itens de higiene pessoal tiveram desaceleração de 0,76% em março para 0,56% no IPCA de abril, influenciados principalmente pelos perfumes (-1,09%).

Na sequência, vieram alimentação e bebidas (0,71%) e transportes (0,56%), contribuindo com 0,15 ponto percentual e 0,12 ponto percentual, respectivamente. Os demais grupos ficaram entre as taxas de 0,08% de comunicação e 0,79% de vestuário.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Economia

Lucro líquido do Banrisul aumenta quase 30% no primeiro trimestre deste ano
Polícia Federal apreende celular de responsável pelo setor de presentes recebidos pelo ex-presidente Bolsonaro
Deixe seu comentário
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa Na Tarde