Terça-feira, 23 de Abril de 2024

Home Porto Alegre Ranking britânico classifica a UFRGS entre as 20 melhores instituições de ensino superior na América Latina

Compartilhe esta notícia:

Subindo duas posições, a Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) aparece na 17ª posição no ranking anual de instituições latino-americanas de ensino superior, divulgado nesta quinta-feira (22) pela entidade britânica QS Quacquarelli Symonds. Já em âmbito nacional, ficou em sexto lugar – status que evolui para o terceiro se consideradas apenas as federais.

O levantamento abrangeu 428 universidades do bloco, incluindo 98 brasileiras. As melhores notas obtidas pela dizem respeito a indicadores como “corpo docente com doutorado” (99,8), “redes internacionais de pesquisa” (99,6) e “publicação de artigos científicos” (97,1).

A secretária de Avaliação Institucional da Universidade, professora Soraya Tanure, ressalta que o QS é um ranking de grande relevância, ao adotar como parâmetros ótimas bases científicas internacionais. No que se refere especificamente aos indicadores atribuídos à UFRGS, ela define como resultados da excelência em pesquisa na instituição.

“Trata-se de um reconhecimento à pesquisa de qualidade realizada na Universidade Federal do Rio Grande do Sul por docentes, discentes e técnico-administrativos, desde os estudantes envolvidos em atividades de iniciação científica em cursos de graduação, até os pesquisadores em nível de pós-doutorado”, acrescenta.

Na tarde desta quinta-feira, Soraya representou a UFRGS em cerimônia de entrega prêmio “QS Latin America Rankings – Research Excellence Certificate”. O evento foi realizado na Universidade de Vila Velha (ES).

No topo do ranking da América Latina ficou a Universidade Católica do Chile, seguida pela Universidade de São Paulo (USP) e pela Universidade do Chile. Os resultados completos está disponível no site da QS – topuniversities.com.

Metodologia

O ranking utiliza cinco critérios básicos: impacto e produtividade da pesquisa, compromisso docente, empregabilidade, impacto on-line e internacionalização.

Também aplica os principais indicadores do ranking global elaborado pela QS, como reputação acadêmica, reputação do empregador e proporção corpo docente por aluno, considerando-se um conjunto de métricas de desempenho adaptadas para a região.

As métricas são as seguintes: reputação acadêmica (30%), reputação do empregador (20%), relação corpo docente por aluno (10%), pessoal com doutorado (10%), rede internacional de pesquisa (10%), citações (10%), publicações científicas (5%) e impacto na internet (5%).

(Marcello Campos)

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Porto Alegre

Protestos na Austrália pedem o fim da monarquia britânica
Islândia detém suspeitos de conspiração terrorista “sem precedentes”
Deixe seu comentário
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Atualidades Pampa