Terça-feira, 28 de Maio de 2024

Home Variedades “Refletores de todos os teatros do Brasil reluzem para você”, diz Miguel Falabella sobre Cláudia Jimenez

Compartilhe esta notícia:

Ator e humorista, Miguel Falabella fez sua homenagem no Instagram para a atriz Cláudia Jimenez, que morreu neste sábado (20). O corpo da atriz Claudia Jimenez foi cremado. Amigos e familiares se despediram da atriz em uma cerimônia íntima.

Cláudia teve papeis marcantes na TV, como a Dona Cacilda, na primeira versão de “Escolinha do Professor Raimundo”, nos anos de 1990, e depois como a empregada Edileuza, em “Sai de baixo”.

“Fui procurar uma foto para ilustrar essa postagem e me deparei com uma vida. Agora, estou deitado, passando um filme na minha cabeça, tentando me agarrar às tantas gargalhadas que demos, ao prazer de atuar juntos, ao seu único e irreproduzível tempo de comédia. Você estará para sempre usando aquele biquíni selvagem que nos ensolarou a existência, Claudinha. Hoje todas as homenagens são suas e os refletores de todos os teatros do Brasil reluzem para você. Obrigado por ter caminhado a meu lado nesta passagem. Betty Lago e Mercedinha certamente vão recebe-la em festa! A nós, resta a saudade e a responsabilidade de manter viva a memória do seu imenso talento! Te amo! Descanse em paz!

A intérprete de Dona Cacilda, da “Escolinha do Professor Raimundo”, e de Edileuza, de “Sai de Baixo”, morreu no início da manhã aos 63 anos no Hospital Samaritano, em Botafogo, na Zona Sul do Rio. Ela teve insuficiência cardíaca.

Homenagem da companheira

Stella Torreão, viúva de Claudia Jimenez, se despediu da atriz que morreu neste sábado (20), afirmando que ela era o amor de sua vida e que faria tudo novamente.

“Claudia, amor da minha vida, faria tudo de novo! Você fez muito mais por mim”, declarou Stella.

A atriz de 63 anos estava internada no hospital Samaritano, no Rio de Janeiro. O óbito foi constatado em decorrência de uma insuficiência cardíaca, segundo informou a Rede Globo em uma publicação.

Em homenagem, Stella publicou uma declaração que Claudia havia feito celebrando o amor das duas: “Hoje não é aniversário dela. Passo aqui só para dizer que ela me alimenta de todas as maneiras, me protege, me ama, me valoriza e me salva! Acreditem, não sei o que fiz para merecer pessoa tão maravilhosa em minha vida.”

No início dos anos 1990, a atriz teve papel de destaque no programa humorístico “Escolinha do Professor Raimundo” com a personagem Cacilda. Ela também participou do elenco de “Sai de Baixo” (1996), no papel de Edileuza.

A humorista ainda integrou o programa “Zorra Total” de 1999 a 2001, interpretando as personagens Glorinha e Greice Quéle.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Variedades

Nasa anuncia possíveis locais de pouso para a missão Artemis III
Apple emite alerta para falhas que permitem invasão em iPhones, iPads e Macs
Deixe seu comentário
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa Na Tarde