Sábado, 02 de Março de 2024

Home Mundo Rússia diz que viagem do presidente da Ucrânia a Washington é prova de que os EUA vem travando uma “guerra indireta”

Compartilhe esta notícia:

O governo russo afirmou, nesta quinta-feira (22), que a visita do presidente ucraniano Volodimir Zelensky a Washington é uma prova de que os Estados Unidos vem travando uma “guerra indireta e por procuração” contra a Rússia.

Essa foi a primeira manifestação do governo russo sobre a viagem inédita de Zelensky aos EUA. Na quarta-feira (21), ele se reuniu com o presidente norte-americano Joe Biden e, depois, discursou no Congresso do país.

O porta-voz do governo russo, Dmitry Peskov, disse achar que a discurso de Zelensky reflete que nem ele nem os Estados Unidos têm intenção de “ouvir a Rússia”.

“Até agora, podemos observar com pesar que nem o presidente Biden nem o presidente Zelensky disseram nada que pudesse ser visto como uma possível disposição de ouvir as preocupações da Rússia”, declarou Peskov.

O porta-voz minimizou o novo apoio militar anunciado por Biden durante a visita do líder ucraniano. Os EUA doarão US$ 1,85 bilhão (R$ 9,6 bilhões) em assistência militar adicional para a Ucrânia, incluindo a transferência do Patriot, um dos mais modernos sistemas de defesa aérea do mundo.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Mundo

No Congresso dos Estados Unidos, presidente da Ucrânia diz que o país “nunca se renderá”
Polícia investiga a prática de “rachadinha” e a cobrança de propina para a liberação de alvarás em São Leopoldo
Deixe seu comentário
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa Na Tarde