Domingo, 22 de Maio de 2022

Home Saúde Saiba como encarar o treino como mais uma tarefa do dia, ser flexível, mas ao mesmo tempo priorizar a atividade física na rotina

Compartilhe esta notícia:

Tentar não encarar o treino como mais uma tarefa do dia, ser flexível, mas ao mesmo tempo priorizar a atividade física na rotina, são bons pontos de partida para se exercitar e ter uma vida mais saudável. Aqui estão algumas maneiras de encontrar inspiração e talvez até um pouco de alegria em seu treino diário.

1) Não pense no treino como um exercício

Quando o exercício não é atraente, fazer parecer outra coisa pode ajudar. Crystal Steltenpohl, psicóloga da Universidade do Sul do Indiana, que estuda motivação para exercícios, lembra de uma conversa que teve com um participante de um de seus estudos que disse: “Eu vou jogar basquete, mas isso é apenas um momento de estar com os amigos”. Em outras palavras, embora a atividade fosse considerada um exercício, isso era apenas um benefício secundário, e não o fator motivador.

Passei anos competindo como corredora, ciclista e esquiadora. E enquanto eu continuo treinando essas atividades, costumo fazer os 22 minutos diários recomendados de exercícios de intensidade moderada automaticamente, sem nunca pensar em exercícios. Em vez disso, faço minha caminhada matinal para limpar a cabeça, me sentir presente ao meu redor e me conectar com meu marido e meus cães.

“Se você perguntar, a maioria das pessoas dirá que quer se exercitar pela saúde, e esse é um grande objetivo. Mas o que faz as pessoas realmente se mexerem é fazer algo que elas gostem”, disse Katie Heinrich, cientista do exercício da Universidade Estadual do Kansas.

E não existe atividade perfeita para todos. “Como você gosta de se mover? Talvez seja dança, ou pode ser um passeio no parque. Para algumas pessoas, pode ser CrossFit ou spinning”, disse Henrich.

Casey Johnston descobriu ao acaso o levantamento de peso através de um tópico de um fórum na internet iniciado por uma mulher que estava começando um programa de treinamento de força. Esse post inspirou Johnston, que é escritora de saúde e ciência, a tentar um programa semelhante. Ela descobriu que gostava muito mais disso do que correr. Enquanto correr lhe dava muito tempo para ruminar pensamentos ansiosos, “você não consegue pensar em mais nada quando tem 90 quilos nas costas”, disse ela.

2) Foque nos seus incentivos

No mês passado, pesquisadores publicaram um megaestudo testando a eficácia de 54 abordagens diferentes para motivar as pessoas a se exercitarem mais. O experimento, que recrutou mais de 60 mil membros de uma rede de academias como cobaias, descobriu que oferecer um audiolivro gratuito era uma das maneiras mais eficazes de levar as pessoas à academia. A ideia era dar aos participantes algo pelo que esperar enquanto se exercitavam, disse uma das organizadoras do estudo, Katy Milkman, professora da Universidade da Pensilvânia

É uma abordagem familiar a Megan Roche. Ela gosta de tirar fotos, e correr lhe dá a oportunidade de procurar paisagens interessantes para fotografar, especialmente durante viagens.

3) Faça do exercício uma prioridade

“A desculpa número um que as pessoas dão para não se exercitar é a falta de tempo”, disse Heinrich, e a única maneira confiável de encontrar tempo é priorizá-lo. “Você tem que tomar uma decisão de encaixar os exercícios no seu dia, isso não vai acontecer magicamente.”

Johnston costumava tentar encaixar o exercício em sua vida fazendo coisas como subir as escadas em vez do elevador, “mas isso nunca realmente me prendeu ou me deu qualquer validação de que eu estava fazendo algo significativo”, disse ela.

Se você pensa no exercício como uma atividade facultativa, você vai se dar permissão para ignorá-lo. Em vez disso, tente pensar nele como uma parte essencial do seu trabalho, disse Brad Stulberg, escritor especializado sobre desempenho humano.

4) Seja flexível

Fazer do exercício uma prioridade não significa que você precisa de um cronograma rígido. Um estudo que Milkman e alguns colegas publicaram em 2020 descobriu que dar a si mesmo flexibilidade para atingir seus objetivos pode aumentar sua chance de sucesso. Os pesquisadores estudaram mais de 2.500 funcionários do Google, designando aleatoriamente alguns deles para serem pagos para ir à academia da empresa durante uma janela de tempo que eles identificaram antecipadamente como a mais manejável, enquanto outros poderiam optar por ir a qualquer momento.

Os pesquisadores esperavam que comprometer-se com horários específicos ajudaria as pessoas a formarem hábitos mais fortes, disse o principal autor, John Beshears, economista comportamental da Harvard Business School. Em vez disso, as pessoas que receberam flexibilidade acabaram indo com mais frequência após o término dos pagamentos. Quando os participantes do grupo do programa rígido perderam o treino planejado, eles acabaram não indo, enquanto o grupo que tinha mais flexibilidade continuou a fazê-lo, disse Milkman.

5) Tenha algum incentivador

“O melhor motivador do condicionamento físico é um amigo. Ele o responsabiliza por aparecer para treinar e o apoia quando você não o faz”, disse Stulberg.

Em um estudo de 2017, Heinrich entrevistou proprietários e treinadores de academias de CrossFit e descobriu que a sensação de comunidade era um forte motivador para as pessoas que continuaram com as aulas.

Encontrar um local e hora do dia que você goste é crucial para manter um cronograma de exercícios. Se você perder um dia, não se preocupe, mas tente não perder dois seguidos.

6) Crie um ambiente para o sucesso

Procure maneiras de tornar o ambiente mais convidativo para a atividade física, disse Steltenpohl. Encontre ou crie um lugar onde o exercício pareça atraente. Pode ser uma academia, um parque, uma pista de caminhada ou até mesmo seu quarto com um colchonete e um aplicativo de treinos, disse ela. A chave é que seu entorno deve te preparar para ter sucesso.

Megan Roche geralmente corre logo pela manhã, e ela se prepara com antecedência, arrumando suas roupas, preparando o café e uma playlist enérgica enquanto se prepara para correr. Nas manhãs de inverno, ela também acende luzes e ocasionalmente aquece seus músculos primeiro em um banho quente.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Saúde

Pfizer inicia estudos clínicos de vacina específica contra a ômicron com nova versão do imunizante
Problema na tela atormenta donos de iPhone; Apple recusa troca
Deixe seu comentário
Pode te interessar
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa News