Terça-feira, 17 de Maio de 2022

Home Filipe Guerrero Gracia Saiba como melhorar suas dores no joelho

Compartilhe esta notícia:

A dor no joelho afeta pessoas de todas as idades, apesar de aparecer mais em idosos por conta do desgaste articular, e em mulheres, pela sua estrutura física.

Dores leves são solucionadas com cuidados simples a fim de corrigir gestos nas atividades físicas e outras abordagens posturais. Quando há algo errado com a articulação do joelho, os sintomas comuns são o inchaço, a instabilidade, dor e incapacidade funcional. Existem algumas estratégias comuns para aliviar a dor no joelho.

São muitas as possíveis causas de dor no joelho, porém, as principais delas são lesões traumáticas, as inflamações e os problemas biomecânicos, além de outras condições de saúde.

Uma lesão no joelho pode afetar os ligamentos, tendões, bolsas sinoviais (pequenas bolsas cheias de líquido que cercam a articulação do joelho), ossos e cartilagens.

Algumas das lesões mais comuns no joelho são o LCA que é um estabilizador importante da articulação do joelho. Uma lesão do LCA é particularmente comum em pessoas que praticam esportes que exigem rotações bruscas do joelho, como o futebol por exemplo.

O menisco é formado por fibrocartilagens e age como um amortecedor entre os ossos que compõem a articulação do joelho. Assim sendo, a sua ruptura é uma das causas de dor no joelho.

Algumas lesões no joelho causam inflamação nas bolsas sinoviais (ou bursas) que tem o papel de proteger a articulação enquanto amortece o contato entre ela e os tendões e ligamentos. A tendinite é a inflamação dos tendões. Corredores e outros atletas que praticam esportes que necessitam de salto (como o voleibol e o basquete) tendem a desenvolver inflamação no tendão patelar.

Alguns tipos de inflamações também podem ser responsáveis pela dor no joelho, a as principais delas são a osteoartrite (ou artrose), a artrite reumatoide e a gota.

A osteoartrite, também conhecida como artrose, caracteriza-se pelo desgaste da cartilagem do joelho. A cartilagem é o tecido que protege as extremidades dos ossos. Esta deterioração ocorre pelo efeito do tempo e do impacto. A artrite reumatoide é uma condição auto-imune que pode afetar muitas articulações, inclusive os joelhos. Apesar de ser uma doença crônica, pode e deve ser tratada para desacelerar a sua evolução, pois o tempo causa deformidade articular.

Compressas de gelo logo após a batida, no caso de acidentes, para reduzir o inchaço. Somente se o inchaço diminuir, aplique compressas mornas 3 vezes ao dia, durante 10 minutos. Manter o joelho levantado e repousado, com o auxílio de uma almofada, possibilita a melhor circulação do sangue ajudando a reduzir o inchaço.

Se houver possibilidade de movimentação articular, alongue suavemente a perna. Mas atenção, somente alongue se a dor permitir: não se deve forçar o movimento.

Para evitar o agravamento ou início de uma lesão, é importante respeitar os limites do corpo e reduzir ou pausar a atividade física enquanto há dor.

É importante lembrar que o trabalho multidisciplinar, ou seja, profissionais de duas ou mais áreas trabalhando junto, trazem um benefício muito maior para o paciente.

Filipe Guerrero Gracia – Osteopata DO MRO Br

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Filipe Guerrero Gracia

Dor que não passa: saiba como amenizar os sintomas
Dicas para prevenir a dor lombar
Deixe seu comentário
Pode te interessar
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa Na Tarde