Quinta-feira, 18 de Julho de 2024

Home Política Senado deve votar ainda este ano a proposta que criminaliza o porte e a posse de drogas

Compartilhe esta notícia:

Na esteira das pautas que contrariam as decisões do STF (Supremo Tribunal Federal), o Senado deve votar ainda este ano a proposta que criminaliza o porte e a posse de drogas em qualquer quantidade. O texto, de autoria do presidente da Casa, o senador Rodrigo Pacheco (PSD-MG), é relatado pelo senador Efraim Filho (União-PB).

A PEC (Proposta de Emenda à Constituição) que versa sobre a posse e o porte de drogas deve ser votada, no Senado, ainda este ano. A previsão é feita pelo relator da PEC, que informou que deverá apresentar o relatório à CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) nesta quarta-feira (22).

A votação em plenário deve ocorrer na próxima semana. O texto, no entanto, não deverá apresentar severas modificações do já previsto em lei, com punição para usuários de drogas, sem previsão de prisão, mas adoção de penas alternativas.

A proposta insere na Constituição a previsão de que “a lei considerará crime a posse e o porte, independentemente da quantidade, de entorpecentes e drogas afins sem autorização ou em desacordo com determinação legal, ou regulamentar”.

O avanço da PEC no Senado é visto como uma forma da Casa marcar posição sobre outro assunto – que na visão de parlamentares – não deveria ser discutido pelo STF. O julgamento na Corte se dá em torno da descriminalização do porte de maconha.

O STF tem placar de 5 a 1 favorável à descriminalização e de 6 a 0 pela necessidade de diferenciar usuário de traficante pela quantidade de droga apreendida. O julgamento foi interrompido em agosto após um pedido de vista do ministro André Mendonça.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Política

Mercado de trabalho reproduz desigualdade racial, aponta Dieese
Rio Grande do Sul registra 28 mil pessoas fora de casa em razão das chuvas
Deixe seu comentário
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa Na Madrugada