Domingo, 16 de Janeiro de 2022

Home Você viu? Série documental homenageia Nara Leão no mês em que ela completaria 80 anos

Compartilhe esta notícia:

No dia 19 de janeiro, a cantora Nara Leão completaria 80 anos. Mulher forte e independente, ajudou a criar a bossa nova e mudou a história da nossa música. E ela virou tema de um documentário do Globoplay: ‘O Canto Livre de Nara Leão’.

Tímida, falava baixo mesmo quando protestava. Foi chamada de ‘musa da Bossa Nova’, mas ela achava graça do título. Talvez porque ela soubesse, já naquela época, que musa era pouco. Ela era a própria Bossa Nova.

“Nara é uma das grandes artistas do século 20 no Brasil, ao lado da Bethânia, da Elis Regina, da Elza Soares. E eu acho que ela ainda não tem esse reconhecimento que ela precisava ter”, afirma Renato Terra, diretor da série.

E é isso que a série documental mostra, em cinco episódios, com depoimentos da própria Nara. E de muitos amigos.

“A proposta da série é que fosse menos uma biografia em que você tivesse que entender, aprender a data disso ou daquilo, e mais que você pudesse vivenciar quase que sensorialmente o trabalho dela. A música dela. Cada episódio traz um pouco isso”, explica Jordana Berg, que fez a montagem da série.

A série, que estreou no dia 7  no Globoplay, faz parte do núcleo de documentários do programa ‘Conversa com o Bial’. José Bial, neto de Nara Leão, também colabora no projeto, como produtor de conteúdo. Ele é filho da cineasta Isabel Diegues, filha de Nara, com o jornalista Pedro Bial.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Você viu?

Cristiano Ronaldo investe mais de 40 mil reais em câmara hiperbárica
Às vésperas dos 40 anos de sua morte, cantora gaúcha Elis Regina tem faixas raras relançadas em disco
Deixe seu comentário
Pode te interessar
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Atualidades Pampa