Sexta-feira, 20 de Maio de 2022

Home Brasil Soldado da Força Aérea Brasileira é morto com um tiro dentro da Base Aérea de Manaus

Compartilhe esta notícia:

Um soldado da Força Aérea Brasileira (FAB) foi morto com um tiro na manhã desta sexta-feira (4), nas instalações do Destacamento de Apoio à COMARA (DACO-MN), a Base Aérea de Manaus.

Em nota, a FAB informou que o militar foi atingido por disparo de arma de fogo durante os procedimentos preparativos para o serviço de sentinela. Mas circunstâncias da morte do jovem ainda não foram desvendadas. Outro soldado que teria feito o disparo foi preso.

Por meio de nota, a FAB disse ainda que está prestando à família do militar e que já iniciou investigações para a apuração do ocorrido. No entanto, familiares se queixam da assistência.

“Informamos que está sendo prestado todo o apoio à família do militar e as investigações para a apuração do ocorrido encontram-se em andamento”, informou a FAB.

Padrasto do jovem, Alessandro Esteves reclama que não teve apoio médico e psicológico quando foi solicitado.

O velório do soldado Gustavo Henrique de Souza Gomes, de 20 anos, foi realizado na manhã deste sábado (5) para amigos e familiares.  O sepultamento estava previsto para ser realizado à tarde, no cemitério Tarumã, em Manaus.

Biblioteca falsa despenca

Após derrubar uma falsa biblioteca que servia de cenário em sua casa, o desembargador Yedo Simões divulgou um vídeo na sexta-feira (4) em que explica o uso do painel. Na gravação, ele diz que utiliza a estrutura para evitar mostrar sua residência.

“Apenas um painel, como eu não poderia colocar toda a minha biblioteca atrás de onde eu trabalho, eu coloco o painel para não exibir outras coisas que eu tenho na minha casa”, afirma.

Na gravação, Simões afirma que o ambiente é pequeno e, no local, circulam outras pessoas e ele também mantém suas coisas pessoais. Ele termina a gravação fazendo uma reflexão sobre os livros:

“Os livros são minha vida. Eu devo tudo aos livros, eles fazem parte da minha vida e de uma forma assim importantíssima porque foram eles que me trouxeram ao patamar em que cheguei. Então, eu sempre usei esse meu conhecimento justamente para servir a humanidade”, diz.

Entenda o caso – Na na quarta-feira (2), durante uma sessão virtual do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM), o desembargador Yedo Simões empurrou a cadeira para trás e acabou derrubando o painel com a biblioteca cenográfica.

Ao ouvir um barulho, ele se virou e viu que a biblioteca tinha caído. Ele olha para a câmera e se levanta para erguer novamente a estrutura. Ele demora um pouco e logo volta a participar da reunião.

Em nota, o Tribunal de Justiça disse que o desembargador esclareceu que não se trata de fundo falso, mas sim de um painel que escolheu, com imagens de livros, para preservar a intimidade de seus familiares que eventualmente precisem transitar no entorno quando está participando das sessões remotas.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Brasil

Ao completar 30 anos de idade, Neymar vive expectativa de conquistar a Copa do Mundo no que pode ser seu último Mundial
Cristiano Ronaldo perde pênalti, Manchester United dá mais um vexame e é eliminado da Copa da Inglaterra
Deixe seu comentário
Pode te interessar
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa Na Tarde