Segunda-feira, 04 de Julho de 2022

Home Leandro Mazzini Sucessão

Compartilhe esta notícia:

As costuras dos partidos de oposição em torno da formação de uma federação também miram a sucessão nos comandos da Câmara dos Deputados e do Senado Federal em 2023. Encabeçadas pelo PT, que tem o ex-presidente Lula da Silva líder com folga nas pesquisas, as articulações vislumbram o aumento das bancadas de deputados e senadores para fazer frente aos projetos de reeleição de Arthur Lira (PP-AL) e de Rodrigo Pacheco (PSD-MG). Claro: os cenários são desenhados com base em eventual vitória de Lula.

Severino & Cunha

Nos governos de Lula e Dilma, a Câmara foi comandada por dois adversários: Severino Cavalvanti e Eduardo Cunha, que pavimentou a queda da petista.

Minoria

As conversas para formação da federação envolvem PT, PSB, PC do B e PV. Atualmente, esses partidos têm pouco mais de 90 deputados.

Fim do namoro

A ministra Damares Alves até estava com um pé no PTB. Mas o namoro foi desfeito após a aguda autofagia do partido de Roberto Jefferson.

De volta

Eminência parda do MDB, o ex-senador Romero Jucá (RR) voltou à cena e assumiu a interlocução nas tratativas para possível aliança nacional com o recém-oficializado União Brasil e o PSDB.

Gargalos

Jucá quer voltar ao Senado Federal após ser derrotado em 2018 e tem a missão de mapear e tentar contornar gargalos regionais para selar a federação com os tucanos e o partido de Luciano Bivar (PE).

Promoção

Alvo de questionamentos do Supremo Tribunal Federal, o médico olavista Hélio Angotti foi promovido: vai ocupar o lugar de Mayra Pinheiro (“Capitã Cloroquina”) no comando da Secretaria de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde (SGTES).

Mais um

O prefeito de Betim, Vittorio Medioli (sem partido), desponta como mais um provável candidato ao governo de Minas Gerais. Ele saiu do PSD e tem conversado com Podemos e União Brasil para a disputa contra o governador Romeu Zema (Novo) e o prefeito de BH, Alexandre Kalil (PSD).

Conforto

Um decreto assinado pelo presidente Jair Bolsonaro (PL) em janeiro garantiu conforto na controversa viagem – em classe executiva – do secretário especial da Cultura, Mario Frias, a Nova York.

Colateral

As passagens de Frias, ida e volta, custaram R$ 26 mil. No decreto, Bolsonaro justifica que a liberação da classe executiva tem o objetivo de atenuar “eventuais efeitos colaterais em face de déficit de ergonomia”.

Necropolítica

Vice-presidente da Comissão de Direitos Humanos, o deputado Orlando Silva (PCdoB-SP) cobra apuração e punição aos criminosos que mataram o congolês Moise Kabagambe. O parlamentar cita que 74% das pessoas que tiveram amigos ou parentes mortos pela polícia no Rio são negras: “É a necropolítica”.

Industriais

Instituído em 2018, o Conselho Federal de Técnicos Industriais (CFT) realizará eleição, em abril, para escolher a nova diretoria que estará diante de um orçamento perto de R$ 200 milhões por ano e mais de 600 mil técnicos registrados. A entidade representa uma categoria que está nos pilares da infraestrutura do Brasil, tais como telecomunicações, energia, transporte e construção.

Flor da pele

Não é de se admirar que os ânimos estejam à flor da pele com direito a Fake News, tentativa de cancelamento da eleição e muito debate com decibéis alterados. Importante lembrar que além do poder gerador de riqueza na economia, a categoria conta também com membros ilustres como o ex-presidente Lula e o deputado Vicentinho (PT-SP), entre outros.

Alto mar

Pelas condecorações recebidas ultimamente das Forças Armadas, mais precisamente da Marinha do Brasil, é possível supor que o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), praticamente nasceu em alto mar. O alagoano traz no currículo as medalhas Amigo da Marinha, Ordem do Mérito da Defesa e a de Mérito Naval.

ESPLANADEIRA

# Acontece em 22 de fevereiro e 8 de março Jornada Educacional Financeira para Mulheres de Valor (online).

# Duda Oliveira abre hoje ‘Universo Construtivo’ com peça ‘Dores do Parto’, no Museu Correios de Brasília.

# Médica Juliana Gabriel cria coletivo profissional de saúde e educação, TRIBU.

# Auddas promove, dia 22, mentoria gratuita sobre “Planejamento estratégico: como preparar a empresa para o crescimento sustentável”.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Leandro Mazzini

Partidos debruçados na janela
Investigados nas urnas
Deixe seu comentário
Pode te interessar

Leandro Mazzini Corrupção matou Itaboraí

Leandro Mazzini Blefe de Jefferson

Leandro Mazzini Lupa na mão

Leandro Mazzini Intensivão para urna

Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa Na Tarde