Quinta-feira, 30 de Junho de 2022

Home Brasil Suspeito de aplicar golpes contra o INSS em vários Estados do Brasil é preso em São Paulo

Compartilhe esta notícia:

A Polícia Federal prendeu em flagrante um homem suspeito de cometer crime de estelionato contra o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), em Presidente Prudente (SP). O homem realizava saques fraudulentos de benefícios em diversos Estados do Brasil.

Segundo a polícia, o suspeito foi abordado logo após realizar o saque do benefício de aposentadoria em nome de um terceiro, mediante a utilização de documento falso.

Junto com ele foram encontrados diversos outros documentos contendo sua foto, mas com dados de outras pessoas.

A Polícia Federal (PF) informou que, pelo menos, uma outra fraude efetuada pelo mesmo indivíduo já foi confirmada, porém, mediante saques do benefício de aposentadoria em Brasília (DF).

O homem confessou os crimes e afirmou que há 30 anos não usa o seu nome verdadeiro, conforme a polícia. Durante a abordagem policial, ele tentou se passar por uma das identidades falsas que utilizava, por isso, também será indiciado pelo crime de uso de documento falso.

A ação conjunta foi realizada pela Polícia Federal e pelo Núcleo de Inteligência da Coordenação-Geral de Inteligência Previdenciária e Trabalhista (CGINT) do Ministério do Trabalho e Previdência (MTP).

Risco de morte

O coach Pablo Marçal, que levou ao topo do Pico dos Marins, no interior de São Paulo, um grupo de 32 pessoas que precisaram ser resgatadas pelo Corpo de Bombeiros, se apresenta como mentor e estrategista digital e vende cursos que prometem prosperidade aos alunos. Um deles, com um ano de duração, é vendido por R$ 2.997.

Marçal, que tem cerca de 2 milhões de seguidores no Instagram, foi chamado de irresponsável pelo bombeiro que chefiou a operação de resgate. “Subir com um grupo de pessoas despreparadas e sem equipamento é colocá-las sob risco de morte. Essa foi a pior ação que a gente viu no Pico dos Marins”, afirmou o capitão dos bombeiros, Paulo Roberto Reis.

Após ser resgatado, o coach minimizou o episódio em uma transmissão.

Em seu site oficial e em suas redes sociais, Marçal afirma que “destravou os códigos da prosperidade e do governo da alma” e que tem “grande desejo de ajudar as pessoas a prosperarem em suas vidas ensinando os métodos e técnicas que desenvolveu e aplicou ao longo de sua vida”.

Para convencer os coachees, como são chamados os clientes atendidos pelo coach, ele aposta na retórica de tom religioso e propõe uma atividade que exige um sacrifício, que promete “destravar” capacidades de superação em cada participante. Em uma publicação, ele escreveu: “Deus é um investidor e um dia vai te perguntar: cadê o investimento que eu fiz em você?”.

Em outro trecho, ele escreveu: “não vai ser fácil, não vai ser confortável e nem algo ‘animado’ de se fazer. Mas eu prefiro que você sofra a dor do desconforto por um curto período da vida para não sofrer essa dor de arrependimento uma vida toda!”, escreveu em seu site.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Brasil

Netflix desenvolve série anime de “Scott Pilgrim”
Cristiano Ronaldo faz pressão por novo técnico e ameaça rescindir com Manchester United
Deixe seu comentário
Pode te interessar
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa Na Tarde