Domingo, 29 de Maio de 2022

Home em foco “Um negócio bilionário, cuja conta o povo pagou”, afirma Bolsonaro sobre a tomada de três pinos

Compartilhe esta notícia:

Ao comentar o balanço das atividades do Inmetro (Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia) em 2021, o presidente Jair Bolsonaro voltou a criticar, neste sábado (22), a tomada de três pinos, a qual classificou como “inútil”.

A obrigatoriedade da tomada de três pinos – chamada de “tomada do PT” pelo governo federal – em todos os aparelhos fabricados no Brasil ou importados passou a valer integralmente em 2011.

“Do passado, se lembra do Inmetro como o responsável pela inútil tomada de três pinos. Um negócio bilionário, cuja conta o povo pagou”, afirmou o presidente nas redes sociais. “Hoje, no governo Bolsonaro, o Inmetro trabalha para a indústria, o comércio e o consumidor”, prosseguiu.

No balanço das suas atividades no ano passado, o instituto destacou que o “apoio ao setor produtivo, liberdade econômica, pesquisa e desenvolvimento em metrologia marcaram o ano de 2021”.

O órgão ressaltou o lançamento do Plano Estratégico 2021-2023 – Construindo o Inmetro 4.0, que “traz objetivos, metas e indicadores que visam à construção de um novo Inmetro, que quer ser visto como uma caixa de ferramentas para a indústria brasileira”.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de em foco

Diretores da Anvisa recebem ameaças e ofensas após a aprovação do uso da CoronaVac em crianças e adolescentes
Postos do Dmae atendem somente com agendamento prévio a partir desta segunda-feira em Porto Alegre
Deixe seu comentário
Pode te interessar
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa Na Madrugada