Quarta-feira, 08 de Dezembro de 2021

Home Saúde Veja 5 métodos caseiros para tratar o herpes labial

Compartilhe esta notícia:

O herpes labial é uma condição comum que afeta cerca de dois terços da população global, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS). É uma reação causada pelo vírus HSV-1, que acomete os lábios, língua, garganta ou gengiva.

Normalmente, os sintomas — coceira e vermelhidão na região, feridas, bolhas de água, sensibilidade e dor ao movimentar a boca — desaparecem em duas semanas, mas é possível aliviar o desconforto antes desse tempo.

Segundo especialistas, existem alguns métodos naturais para o herpes labial que podem ser administrados em casa. Essas alternativas tendem a reduzir os sintomas e acelerar o processo de cicatrização; saiba mais sobre elas a seguir. As informações são do “Woman & Home”.

Hidratação

“Manter a área bem hidratada — com protetor labial, por exemplo — pode deixar a área mais confortável. Para isso, aplique o hidratante com cotonete ou com a ponta do dedo, pois aplicar direto da embalagem pode levar à contaminação. Certifique-se de lavar as mãos após o processo”, indica o dentista Paul Springs.

Gelo

Fazer compressa de gelo em uma toalha sobre a ferida até que a área fique dormente, também é uma boa opção para proporcionar um alívio temporário da dor, segundo o dentista Rashmi Byakodi.

Babosa

Byakodi indica aplicar gel de babosa puro sobre a ferida com auxílio de um cotonete ou algodão. Essa é uma opção natural com propriedades antibacterianas e antivirais, por isso, pode ajudar na cicatrização.

Evite exposição solar

Evitar exposição solar direta do sol na ferida é essencial. “Os filtros solares podem proteger

seus lábios e ajudam a reduzir o risco de recorrência do herpes labial. É preferível usar FPS 30 e superior”, aconselha Byakodi.

Cúrcuma

A cúrcuma tem propriedades antivirais e anti-inflamatórias. Para aplicar na ferida, misture com água apenas o suficiente para formar uma pasta.

Se as opções caseiras não resolverem ou a situação continuar agravando, procure um dermatologista.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Saúde

São Paulo reduz intervalo entre doses da Pfizer para 21 dias
Uso de aspirina para prevenir enfarte deve ser restringido
Deixe seu comentário
Pode te interessar
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa Na Madrugada