Domingo, 21 de Julho de 2024

Home Variedades Venda de mansão de quase R$ 60 milhões vira “pesadelo” para Shakira em Miami

Compartilhe esta notícia:

Shakira decidiu iniciar uma nova vida em Miami, em definitivo, depois de se separar do ex-jogador Gerard Piqué. Desde antes do término e da mudança para os Estados Unidos, no ano passado, a artista colombiana já tentava vender uma mansão sua na cidade estimada em 11 milhões de dólares (R$ 59,8 milhões, na cotação atual). No entanto, o negócio agora se tornou um “pesadelo” para a cantora, como contou o jornalista Omar Suárez durante o programa “Fiesta”, da rede Telecinco.

A cantora colombiana e seu então marido arremataram a propriedade em 2001, por 2,5 milhões de dólares. A mansão foi colocada à venda em 2018. Inicialmente, especulou-se que Shakira iria se acomodar em sua propriedade na North Bay Road. A rua é queridinha dos famosos: nomes como Jennifer Lopez, Matt Damon e Alexandre Sanz também têm casas por lá. Mas, quando se mudou em definitivo para Miami com os filhos, Shakira reforçou o desejo de se desfazer do imóvel para comprar outro.

Segundo fontes disseram a Suárez, a mansão fica na foz dos esgotos de Miami, o que dificulta a negociação. “Os banheiros ficariam abaixo do nível da água. Com o passar dos anos, o nível (da água) subiu e, toda vez que chove, todo o esgoto de Miami Beach vai parar na casa da Shakira”, disse ele.

Omar Suárez acrescentou que se trata de um problema com uma solução cara. “O investimento para resolver (o problema) seria muito elevado, porque envolve elevá-lo (o imóvel) acima do mar e fazer um tubo por baixo. E são poucas as empresas que se atrevem a fazer isso”, destacou o jornalista.

A ideia de Shakira é morar em uma ilha privativa em Miami, para fugir dos paparazzi. A mansão à venda tem 750 metros quadrados de área construída e quase 2 mil metros quadrados de área externa. São seis quartos, sete banheiros e espaçosas salas de estar e de jantar, além de academia privativa.

Pai doente

Shakira anda sumidinha após o lançamento do disco “Las Mujeres Ya No Lloran”. O motivo é sério. Seu pai, o escritor e comerciante William Mebarak Chadid, tem apresentado um estado de saúde delicado. Aos 92 anos, no início de junho, ele foi diagnosticado com uma séria pneumonia, quadro que o levou a passar duas semanas na UTI.

A situação fez com que a artista pegasse um avião na companhia dos filhos, Milan e Sasha, saindo de Miami em direção a Barranquilla, cidade na Colômbia em que também nasceu. Nas redes sociais, Shakira comentou o assunto pela primeira vez, nesse domingo (23).

Ela agradeceu o apoio dos médicos que cuidaram de Chadid, além da força dada pelos fãs à distância. “Há 18 dias vim correndo a Barranquilla para acompanhar meu pai e lutar junto a ele. Ontem, graças à grande equipe humana e de médicos da clínica Iberoamerica, e a sua incrível fortaleza, pude levá-lo de volta para casa ao lado de minha mãe, que nunca solta sua mão”, escreveu em seu perfil no Twitter.

“A luta continua, e enquanto isso, esse sorriso seu, que brilha até em momentos mais difíceis, é meu melhor exemplo. Obrigada a todos por enviarem força e carinho, e também por nunca soltarem minha mão”, concluiu.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Variedades

Novo estudo encontra relação entre álcool e envelhecimento precoce
Feira do Livro de Joinville arrecada 20 mil livros em campanha para a reconstrução de bibliotecas escolares no Rio Grande do Sul
Deixe seu comentário
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa News