Sábado, 02 de Março de 2024

Home em foco Verstappen vence GP de Abu Dhabi e Leclerc é vice-campeão da Fórmula 1

Compartilhe esta notícia:

O atual campeonato da F1 terminou neste domingo (20) do GP de Abu Dhabi com a já esperada vitória de Max Verstappen, selando com louvor um ano dominante do bicampeão e pole position da etapa. Max liderou a prova de ponta a ponta, faturando sua 15ª conquista da temporada – recorde histórico na categoria. Em segundo lugar veio Charles Leclerc, que superou Sergio Pérez na briga pelo vice-campeonato de 2022 aproveitando um erro de estratégia da RBR com o mexicano.

A corrida marcou também as despedidas de Daniel Ricciardo, Mick Schumacher e Nicholas Latifi – que não tiveram seus contratos com McLaren, Haas e Williams renovados -, e o tetracampeão Sebastian Vettel. O GP de Abu Dhabi foi o GP de número 299 do alemão, que cruzou a linha de chegada em décimo, disputando com Ricciardo na volta final.

A RBR já havia levado o pentacampeonato de construtores nos EUA. O vice de pilotos foi perdido para a Ferrari, que não tinha um piloto como o segundo melhor do Mundial desde Vettel em 2018. A escuderia ainda garantiu seu vice de construtores, com 39 pontos a mais que a Mercedes. Alpine sagrou-se a “melhor do resto”, ocupando a quarta colocação vencendo a batalha contra a McLaren.

Vettel perdeu o 11º lugar no Mundial de pilotos para Ricciardo, com ambos empatados em 37 pontos. De igual modo, a Aston Martin não conseguiu superar a Alfa Romeo pelo sexto lugar no campeonato de construtores, também empatadas em 55 pontos.

A Mercedes, que celebrou a largada de número 200 com Hamilton na equipe, começou a prova com problemas; primeiro, um toque de Carlos Sainz no heptacampeão. Depois, um erro do próprio time no pit stop de George Russell, que perdeu tempo e ainda foi punido por quase atingir Lando Norris no pit lane. O heptacampeão acabou tendo problemas no monoposto e abandonou na volta 56/58.

Enquanto boa parte do grid abriu a janela de pit stops entre as voltas 15 a 20, o líder Verstappen se manteve na pista por mais tempo sucedido por Leclerc, que ganhou a vice-liderança da disputa após a troca de pneus e um erro de Pérez. Este, porém, conseguiu se recuperar e retornar ao terceiro posto.

O bicampeão se queixou de desgaste nos pneus dianteiros e visitou os boxes no 21º giro. Assim como os rivais, trocou os pneus médios pelos duros numa parada lenta de 3s4. Na volta seguinte, foi a vez de Leclerc, repetindo a estratégia do rival e devolvendo à dupla da RBR as primeiras colocações.

Mas a segunda parada de Pérez – único no top 3 a fazê-lo duas vezes – acabou prejudicando o mexicano, que perdeu muito tempo atrás da dupla e de Hamilton.

A prova teve apenas um incidente, envolvendo Schumacher e Latifi na volta 39. O contato rendeu 5s de punição ao alemão, mas não chegou a paralisar a disputa. O canadense se retirou da prova. Fernando Alonso, que se despede da Alpine rumo à Aston Martin, também abandonou – com um vazamento hidráulico.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de em foco

Com Lula, Supremo mantém maioria de indicados pelo PT ao menos até 2029
Presidente do PL diz que vai pedir invalidação de votos em urnas antigas
Deixe seu comentário
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa Na Tarde