Terça-feira, 30 de Novembro de 2021

Home Tecnologia WhatsApp permite esconder informações de contatos específicos

Compartilhe esta notícia:

O WhatsApp lançou nesta semana um recurso de privacidade para usuários inscritos no programa Beta de testes. A novidade permite esconder informações de pessoas específicas, as quais hoje só é permitido deixar visíveis para todo mundo, para ninguém ou para os contatos.

Com a ferramenta, os dados “visto por último”, foto do perfil e recado poderão ser escondidos de algumas contas. Atualmente, só o Status pode ficar invisível para determinada lista de pessoas.

A chegada da opção “Meus contatos, exceto…” para outras configurações de privacidade foi revelada em setembro pelo site WABetaInfo. De acordo com a página, quem optar por desabilitar o “visto por último” para alguém não poderá ver quando foi a última vez que aquela pessoa entrou no aplicativo.

A regra não valerá, porém, para a foto do perfil e o recado. Ou seja, o usuário continuará vendo essas informações no perfil de alguém que foi colocado na lista de exceções.

A novidade está chegando aos poucos para quem é inscrito no Beta do WhatsApp, porém deverá ser lançada para todos os usuários comuns do aplicativo de mensagens. Além desse recurso, o mensageiro da Meta (ex-Facebook) trabalha em funções como Comunidades e cashbacks em pagamentos.

Riscos

Usuários do WhatsApp já podem conectar a sua conta a, no máximo, quatro dispositivos diferentes simultaneamente. A novidade foi divulgada recentemente pelo mensageiro e inclui a possibilidade de manter o celular desligado enquanto a conta é utilizada nos outros aparelhos.

Porém, as mudanças fazem com que o usuário perca um pouco do controle de acesso. Caso a pessoa estiver sem conexão com a internet no celular, por exemplo, outros dispositivos poderão ser utilizados sem que o titular da conta autorize o acesso, logo, a pessoa continuará usando o aplicativo sem que o dono saiba.

“Agora, o dispositivo tem um pouco de vida própria e um histórico próprio de mensagens. Ou seja, quando você apagar um histórico de mensagens em um dos dispositivos da conta, ele não necessariamente será excluído automaticamente dos outros aparelhos”, afirma o vice-presidente de tecnologia da FS Security, Marcus Garcia.

“Essa quebra de sincronia pode fazer com que seja um pouco mais difícil perceber se a sua conta está sendo utilizada em paralelo por um cibercriminoso”, ressalta.

Embora as mensagens, fotos e vídeos continuem sendo criptografados de ponta a ponta em cada uma das conversas salvas na plataforma, criminosos que entrarem na conta do usuário em um dos dispositivos conectados poderão acessar as conversas até que o dono perceba a atividade suspeita, todavia, isso não é considerado uma violação do sistema de segurança.

Segundo especialista, até o momento não há previsões de novos golpes por meio das novas atualizações do WhatsApp, porém, ele acredita que os riscos foram aumentados diante a facilidade de acesso por terceiros e falta de controle do titular da conta.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Tecnologia

Morte de Marília Mendonça completa oito dias: veja o que se sabe sobre o acidente aéreo
Como evitar que o smartphone sugue a sua atenção
Deixe seu comentário
Pode te interessar
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa News