Segunda-feira, 15 de Agosto de 2022

Home Tecnologia WhatsApp testa função que libera criação de grupos com até 512 participantes

Compartilhe esta notícia:

Além de trazer os Status para dentro da guia de conversas e liberar uma opção para retirar backups do Google Drive, o WhatsApp beta está distribuindo nesta semana uma importante alteração que uns vão amar, mas outros odiar: a possibilidade de criar grupos com até 512 participantes.

De acordo com o pessoal do WABetaInfo, esse recurso até tinha sido liberado para um pequeno número de usuários dentro de um teste alpha. Agora, com tudo funcionando normalmente, todos os integrantes do programa WhatsApp beta poderão experimentar os novos super grupos.

Caso você queira verificar a disponibilidade do recurso no seu aplicativo, basta ir até a página inicial e tentar criar um grupo. O mensageiro irá informar automaticamente quantas pessoas você pode adicionar nele.

Por enquanto, a novidade está sendo distribuída de forma lenta e gradual dentro da versão beta para Android (2.22.13.10) e iOS (22.12.0.73).

Cabe lembrar que o aumento da quantidade de usuários em um mesmo grupo tem preocupado as autoridades, uma vez que a expansão facilita a divulgação de boatos e fake news.

Segurança dos usuários

O roubo de contas de WhatsApp é uma forma relativamente comum de aplicar golpes. Usando engenharia social, uma pessoa mal-intencionada consegue o código enviado, entra no aplicativo, finge ser a vítima e tenta tirar dinheiro dos contatos. O WhatsApp vai tentar dificultar esse truque através de um código extra.

Atualmente, em contas sem autenticação em dois fatores, o login é feito através de um código enviado por SMS para o número cadastrado. Os roubos de conta se valem disso: alguém entra em contato com a vítima e, na base da conversa, faz com que ela passe esse código.

O WhatsApp vai tentar dificultar o processo de um jeito bem simples: repetindo as etapas. Após digitar o primeiro código, o aplicativo dará um alerta, avisando que uma pessoa está tentando entrar na conta. Para confirmar o login, o WhatsApp vai enviar outro código por SMS.

Quando a primeira tentativa de login em uma conta é bem-sucedida, um outro código de seis dígitos será necessário para concluir o processo. Neste caso, outra mensagem é enviada ao proprietário do número de telefone para alertá-lo sobre uma tentativa de login em seu conta. Assim, o usuário saberá pelo WhatsApp que alguém está tentando fazer login em sua conta e não compartilhará o segundo código de verificação para concluir o processo.

Teoricamente, o segundo código, o alerta e o intervalo devem chamar a atenção da vítima, evitando que ela o repasse ao golpista. Na prática, porém, nada garante que um criminoso com muita lábia não consiga o novo número.

O novo recurso está em desenvolvimento e não chegou nem ao menos na versão beta do aplicativo. Por enquanto, ativar a autenticação em dois fatores já ajuda bastante. Ela obriga o usuário a criar uma senha de seis dígitos, que passa a ser necessária para qualquer login.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Tecnologia

A era do iPod acabou, mas restam dúvidas sobre o aparelho da Apple
Carboidratos do bem: 8 opções para comer sem culpa e emagrecer
Deixe seu comentário
Pode te interessar
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Atualidades Pampa