Sábado, 24 de Fevereiro de 2024

Home Copa do Mundo 22 Alex Sandro tem lesão no quadril e está fora do jogo contra Camarões

Compartilhe esta notícia:

Alex Sandro, lateral-esquerdo da seleção brasileira na Copa do Mundo está fora da partida contra Camarões, na sexta-feira, às 16h, pela última rodada do Grupo G. O jogador sentiu o quadril esquerdo durante a vitória sobre a Suíça, na última segunda-feira, e foi substituído por Alex Telles.

“Sobre o jogo [contra a Suíça], Alex Sandro sentiu dores no quadril esquerdo, ele não teve condições de continuar na partida. Hoje pela manhã foi reavaliado, nós pedimos exame de imagem, uma ressonância magnética. Ela evidenciou lesão muscular no músculo do quadril esquerdo. O atleta não terá condições na próxima partida contra Camarões. Ele segue em tratamento para a que a gente possa recuperá-lo o quanto antes”, falou o médico Rodrigo Lasmar.

O jogador afirmou depois do duelo contra a Suíça, na zona mista, que tinha sido apenas um cansaço. Mas nesta terça-feira, o departamento médico da Seleção entendeu ser melhor a realização de um exame, que comprovou o problema.

“Eu senti um cansaço a mais, mas me sinto bem e espero estar 100% para o próximo jogo”, resumiu o lateral após a partida.

Alex Sandro já está em tratamento no hotel da Seleção.

A seleção brasileira tem outros dois problemas nesta fase de grupos. Neymar e Danilo, com lesões nos tornozelos direito e esquerdo, respectivamente, ficaram fora contra a Suíça e também não vão jogar contra Camarões, na próxima sexta-feira, no fechamento da fase de grupos.

A expectativa é que os três estejam de volta nas oitavas de final. O Brasil assegurou vaga na próxima fase de forma antecipada depois da vitória contra a Suíça.

Velocidade

A vitória da Seleção Brasileira por 1 a 0 contra a Suíça teve gol de Casemiro. No duelo, um jovem jogador de 24 anos passava por teste importante. Lateral-direito de origem, Eder Militão fez sua estreia em Copa do Mundo. Ele tinha a missão de substituir Danilo, lesionado.

Assim como o titular da posição, a presença ofensiva do zagueiro do Real Madrid foi tímida, mas foi num dos poucos avanços dele que começou o gol único da partida. Ele subiu à ponta-direita, tocou para Antony, que inverteu para Marquinhos. A bola chegou em Vinicius, que passou a Rodrygo até o chutaço de Casemiro.

A mobilidade de Militão ficou nítida nos números da partida. Ele percorreu 10.132 km – atrás apenas de Casemiro – e foi o mais veloz do Brasil. Chegou a 34,1 km/h – mesma marca de Vini Jr no jogo. As valências do jogador foram destacadas pela comissão técnica da Seleção.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Copa do Mundo 22

Câmara aprova projeto com medidas para aumentar proteção das mulheres contra violência
Coreia do Norte: líder Kim Jong-un está preparando sua filha para sucedê-lo?
Deixe seu comentário
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa Na Tarde